Flagrante por câmeras: Homem é pego furtando calcinhas para cheirar

Homem reincide no crime de subtrair calcinhas para práticas inapropriadas, mesmo após prisão em Janeiro

Por Plox

14/02/2024 17h46 - Atualizado há 2 meses

Em Jijoca de Jericoacoara, Ceará, um agricultor de 57 anos foi detido após ser identificado por câmeras de segurança cometendo o furto de calcinhas com o intuito de cheirar e se masturbar em via pública. O incidente, que levou à sua prisão, revela a reincidência do indivíduo em tal prática, já que uma ocorrência similar foi registrada em janeiro deste ano.

Foto: Reprodução/g1

O flagrante ocorreu graças à iniciativa de uma moradora local, que, confrontada com o desaparecimento contínuo de suas peças íntimas, decidiu instalar câmeras de vigilância em sua residência. As imagens captadas foram decisivas para a ação policial que resultou na detenção do homem.

Levado à delegacia, o acusado prestou depoimento, onde afirmou não ter a intenção de ofender ninguém com seus atos, justificando que procurava apenas uma forma de satisfação pessoal. "Não tinha a intenção de ofender ninguém", declarou ao ser questionado sobre sua conduta, segundo informações veiculadas pela TV Verdes Mares.

Apesar da gravidade dos atos, o agricultor assinou um termo circunstanciado e foi liberado posteriormente. O caso suscita questões sobre a segurança e a privacidade nas áreas residenciais, bem como sobre as medidas legais aplicáveis a atos de natureza sexual desviante. 

Destaques