Escolas municipais de Ipatinga recebem orientações sobre coronavírus

14/03/2020 08:01

Protocolo sobre higiene e cuidados deverá ser seguido a partir de segunda-feira (16) nos estabelecimentos de ensino de Ipatinga

Publicidade

De acordo com a Secretaria de Educação de Ipatinga, a pasta reuniu na tarde desta sexta-feira (13), na sala de reuniões do chefe do Executivo, os diretores das 45 escolas da rede pública municipal. O encontro teve a finalidade de alinhar junto aos gestores um protocolo único de orientações a respeito da prevenção contra o coronavírus (Covid-19), já considerada uma pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A reunião teve a participação do prefeito Nardyello Rocha; a secretária de Educação, Eva Sonia, e a secretária-Adjunta de Saúde, Danyevens Bicalho de Oliveira Ribeiro, além da médica infectologista Carmelinda Lobato. 

Desde 28 de fevereiro, o município de Ipatinga já registrou 11 casos com suspeita de contraírem o Covid-19, sendo que um deles foi confirmado (mas vencido o tempo de quarentena do paciente, sem continuidade dos sintomas), dois descartados e, agora, oito seguem aguardando resultado de exames pelos laboratórios especializados.

IMG 4813 Foto: Divulgação/PMI

 

“Nossos professores já estão orientando nas aulas sobre a higienização correta das mãos, o uso do álcool em gel (tanto em casa como nas escolas) e a etiqueta respiratória. É o que nos cabe fazer neste momento. E sabemos que os alunos são importantes disseminadores de informações”, ressalta a secretária de Educação, Eva Sônia. 

Protocolo

Um protocolo único de informações sobre as formas de prevenção foi repassado aos diretores pela médica infectologista Carmelinda Lobato. Ele deverá ser seguido a partir de segunda-feira (16). 

Entre as recomendações que os dirigentes repassarão aos pais está aquela de que as crianças que estejam eventualmente doentes, mesmo aquelas não suspeitas de contaminação pelo coronavírus, devem ficar em casa. 

Outra recomendação é que os professores sempre enfatizem a cartilha sobre a higienização das mãos. “A escola tem uma grande influência sobre a criança. Então, vamos aproveitar e resgatar esses cuidados de higiene, até porque todos os anos nós temos epidemia do vírus Influenza e a transmissão é a mesma”, lembrou a médica Carmelinda Lobato. 

Além das orientações sobre a higienização das mãos, Carmelinda orientou que deve ser ensinado aos alunos a forma correta de espirrar ou tossir (usando o antebraço), não compartilhar copos e outros utensílios e objetos pessoais. 

Sem suspensão de aulas

O prefeito Nardyello Rocha, que acompanha de perto toda a situação do coronavírus em Ipatinga, pontuou durante a reunião com os diretores que não é momento de alarmismo, mas que todas as medidas de prevenção devem ser tomadas. 

Sobre a suspensão das aulas, o prefeito enfatizou que por enquanto elas não serão interrompidas. “Nós estamos monitorando todos os dias. Se houver um acréscimo de casos e for necessária a medida, nós iremos fazer. Mas até o presente momento não vemos essa necessidade e as aulas continuam normalmente”, finalizou. 



Publicidade