Hackers instalam programa malicioso no WhatsApp

14/05/2019 10:12

Uma falha permitiu que os criminosos virtuais acessassem os telefones através de chamada telefônica por meio do app

Publicidade

O WhatsApp informou que hackers instalou um spyware em celulares, ao detectar vulnerabilidades de segurança no aplicativo. O app é usado por cerca de 1,5 milhão de usuários ao redor do mundo. A falha permitiu que os criminosos virtuais acessassem os telefones através de chamada telefônica por meio do app. A falha de segurança foi detectada em seu sistema para Android (Google) e iOs (Apple).

foto: Divulgação)

Vulnerabilidade foi constatada pelo WhatsApp, colocando em risco dados de usuários- Foto: Divulgação

O programa malicioso foi produzido pela NSO Group, empresa de Israel suspeita de auxiliar o Oriente Médio e o México a espionar ativistas e jornalistas. Um porta-voz do WhatsApp, que foi comprado pelo Facebook, orientou: "WhatsApp incentiva as pessoas a baixar a versão mais recente do nosso aplicativo, bem como manter em dia o sistema operacional do seu telefone, para se proteger contra possíveis ataques de segurança que visam comprometer as informações armazenadas no aparelho".

As autoridades dos Estados Unidos já foram informadas do problema. A empresa salientou que as primeiras apurações deram conta de que o programa que atingiu o aplicativo "estaria disponível apenas para atores avançados e altamente motivados". O WhatsApp ainda acrescentou, sem citar nomes: "Este ataque tem todas as características de uma empresa privada que trabalha com alguns governos no mundo”. A empresa já foi alvo de críticas, por dar a possibilidade de empresas de pesquisas de mercado terem acesso a dados particulares de quem usa a plataforma.

 

Atualizada às 12h40



Publicidade