Após morte de vereador, redes sociais levantam rumores sobre causa de mortes após ajuda comunitária ao RS

Starbak Schneider e Leandro Medice, figuras conhecidas em suas áreas, morrem subitamente após missões de ajuda

Por Plox

14/05/2024 12h25 - Atualizado há 13 dias

No último domingo, 12 de maio, duas mortes inesperadas abalaram os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Starbak Schneider, presidente da Câmara de Vereadores de Treze Tílias, e Leandro Medice, médico intensivista, ambos com destacada atuação em suas profissões, faleceram subitamente.

Foto: reprodução/ redes sociais

Starbak Schneider, aos 49 anos, foi encontrado sem vida em sua casa na noite de domingo, logo após retornar de uma missão voluntária no Rio Grande do Sul, onde ajudava nas operações de resgate e limpeza provocadas por recentes enchentes. Schneider, que também era um conhecido empresário no setor turístico de Treze Tílias, tinha compartilhado um vídeo nas redes sociais poucos dias antes, detalhando sua participação no esforço de ajuda às vítimas das enchentes. A causa de sua morte ainda não foi esclarecida.

Foto: reprodução/ redes sociais

As redes sociais se encheram de homenagens ao vereador. Um familiar postou: "Sem palavras. Que Deus e os anjos lhe acolham de braços abertos, meu grande parceiro de vida". Uma mensagem de uma empresa local destacou seu legado: "Que seu amor por Treze Tílias inspire a todos nós a continuar trabalhando pela construção de uma comunidade cada dia melhor".

Em outra perda igualmente sentida, o médico Leandro Medice, que tinha trabalhado no Hospital Evangélico de Vila Velha por quase uma década, morreu repentinamente em São Leopoldo. Medice, que havia se dedicado recentemente ao campo da estética capilar, chegou a São Leopoldo no mesmo dia de sua morte, após fazer uma parada no Aeroporto de Navegantes para reabastecer sua aeronave. Ele também estava envolvido em esforços de assistência médica e farmacêutica a cerca de 1.300 pessoas, incluindo idosos e crianças, no contexto das enchentes no Rio Grande do Sul.

A direção do Hospital Evangélico expressou seu pesar, ressaltando que Medice era "muito querido pelos colegas de trabalho e um profissional exemplar". Detalhes sobre os funerais de Schneider e Medice ainda não foram divulgados, enquanto comunidades e colegas continuam a lamentar suas partidas abruptas.

Destaques