Arsenal resgatado pela PF em Porto Alegre após alerta de roubo

Interceptação de comunicações revela plano criminoso durante enchente

Por Plox

14/05/2024 10h13 - Atualizado há 6 dias

Um grupo de elite da Polícia Federal realizou uma operação decisiva no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, para recuperar um carregamento de 3 mil armas. O resgate ocorreu após a interceptação de mensagens em um aplicativo de celular, que revelavam um plano de uma facção criminosa para furtar as armas. As armas, pertencentes à fabricante Taurus, estavam em processo de exportação.

Foto: Polícia Federal

Tragédia climática e resposta das autoridades 

O aeroporto, afetado por inundações severas, foi fechado em 3 de maio, com as pistas e estruturas parcialmente submersas. A equipe do Comando de Operações Táticas (COT) retirou a carga por barco em 9 de maio. A operação foi mantida em sigilo até ser divulgada pelo portal Zero Hora. "Facções de Canoas tentando entrar no aeroporto roubar as armas que tem lá", indicava uma das mensagens interceptadas.

 

Impacto das chuvas e previsões preocupantes 

A situação climática no Rio Grande do Sul segue crítica, com Porto Alegre e outras regiões enfrentando novas chuvas e alertas de deslizamentos. Desde o início da crise, duas semanas atrás, foram confirmadas 147 mortes, com mais de 618 mil pessoas deslocadas de suas residências. Previsões indicam novas cheias e frio intenso, aumentando o risco para a população já afetada.

Destaques