Vídeo mostra momento em que homem mata ex-namorada após matar o pai dela

Polícia obtém vídeo que antecede os crimes; autor pediu desculpas antes de atirar

Por Plox

14/05/2024 10h13 - Atualizado há 16 dias

Em um crime grave ocorrido na cidade de Miracatu, São Paulo, João Carlos, um mecânico de 29 anos, foi indiciado por feminicídio e homicídio qualificado após assassinar a ex-namorada, Yasmin Santos de Queiroz, de 25 anos, e o pai dela, Francisco Xavier Marques de Queiroz, de 60. O duplo homicídio aconteceu na noite do último sábado (11), na residência da família, situada na Rua Joaquim Pedroso.

Veja o vídeo: 

 

A Polícia Civil obteve um vídeo que mostra momentos críticos antes dos disparos. Nas imagens, João Carlos aparece empurrando a jovem enquanto pedia desculpas, antes de atirar contra ela. De acordo com o registro, Yasmin implorou pela vida, ao que o agressor respondeu friamente: "Já matei o seu pai, agora é você". A esposa de Francisco e mãe de Yasmin, que testemunhou os assassinatos, relatou os fatos à polícia.

Foto: Reprodução e Reprodução/Redes Sociais

 

Após o crime, o suspeito foi localizado por policiais militares em um sítio no bairro Pascoval, na madrugada de segunda-feira (13), e conduzido para depoimento na delegacia local. Durante o interrogatório, João Carlos afirmou não se lembrar dos eventos. "Ele foi indiciado por feminicídio, homicídio qualificado, no descumprimento de uma medida protetiva e por uma agressão anterior contra a mãe da vítima", explicou o delegado Carlos Eduardo Eiras Alves. A arma utilizada no crime não foi encontrada.

A Polícia Civil solicitou a prisão temporária do mecânico, que agora enfrenta as consequências legais de seus atos. A mãe das vítimas, principal testemunha, deve prestar depoimento em breve

Destaques