Personal trainer é assassinada por vizinhos com mais de 30 facadas

14/08/2020 10:14

Após o crime, a polícia e o socorro foram acionados, porém, devidos aos vários ferimentos, Andressa não resistiu e morreu no local

Na última quarta-feira (12), Andressa Serantoni, de 28 anos, que trabalhava como personal trainer, foi morta a facadas, em uma briga com vizinhos, em São José do Rio Preto-SP. Segundo a perícia, ela foi golpeada com mais 30 facadas.

De acordo com informações do portal O Dia, a briga de vizinhos teria começado após Andressa Serantoni questionar o motivo de uma vizinha estar gravando a vizinhança, usando um celular.

Conforme relatado por testemunhas a Polícia MIlitar, o marido da vizinha, que estaria gravando a vizinhança, se irritou e se envolveu na discussão. Ele teria pegado uma faca e golpeado Andressa.

 

Andressa-mortaAndressa morreu no local, segundo polícia. Foto: reprodução/ Instagram
 

 

Ainda segundo as testemunhas, a vizinha, que estaria gravando, teria então segurado a personal trainer, para que o marido efetuasse os golpes.

Após o crime, a polícia e o socorro foram acionados, porém, devidos aos vários ferimentos, Andressa não resistiu e morreu no local.

Casal foi preso

Segundo a PM, os policiais pularam o muro da residência dos suspeitos e chamaram o casal. Ao perceberam a entrada dos policiais, o casal correu e se escondeu dentro do imóvel.

Após horas de negociação, os dois se renderam e foram presos em flagrante, por homicídio qualificado.

Além do casal, quatro filhos dos suspeitos, todos menores de idade, também estavam na casa após o crime. Eles foram encaminhados ao Conselho Tutelar de São José do Rio Preto.