Misturou álcool e remédios para dormir antes de queda, revela Sidney Sampaio

Ele negou estar enfrentando uma depressão

Por Plox

14/08/2023 10h27 - Atualizado há 10 meses

Sidney Sampaio, o conhecido ator de 43 anos, revelou, em entrevista ao programa "Domingo Espetacular" (RecordTV), circunstâncias inéditas e perturbadoras acerca da noite em que sofreu uma queda da janela do banheiro de um hotel em Copacabana, Rio de Janeiro. Segundo o ator, a combinação de vodca e remédios para insônia ocasionou o incidente. Ele negou estar enfrentando uma depressão e enfatizou que a queda resultou da utilização inadequada dos medicamentos.

 

 

 

Foto: Reprodução Record TV

Sampaio admitiu que não estava em plena consciência naquele momento. Em suas palavras, "O que eu me recordo do fato em si é de sentir medo, medo de pedir ajuda, me lembro de estar muito assustado com algumas coisas, não me recordo direito do quê". Ele ainda especulou sobre o motivo de sua ação, ligando-a a uma possível sensação de pânico que o acometeu.

 

A noite do ocorrido 

Na noite do acidente, o ator relatou que consumiu vodca e enfrentou insônia, levando sua irmã a oferecer um remédio para dormir que ela própria utiliza. Como não conseguiu adormecer inicialmente, ele ingeriu outro medicamento, o que eventualmente o levou a buscar acomodação em um hotel.

 

Reações e danos físicos 

O incidente chamou a atenção de testemunhas, que relataram duas quedas do ator entre os andares do hotel. Os fatos tiveram início por volta das 4h da manhã, quando Sampaio chegou ao hotel em estado alterado. Por volta das 7h, funcionários ouviram barulhos de vidro quebrando, o que levou à chamada do Corpo de Bombeiros. O ator foi encaminhado ao hospital, onde foram confirmadas duas fraturas.

Sampaio descreveu o momento da queda e a preocupação subsequente com suas pernas e uma forte dor na coluna. Ele disse: "Eu me recordo de ter alguma preocupação com as minhas pernas, se eu tava andando ou não. Eu senti uma dor muito forte na coluna, na lombar."

Este incidente lança luz sobre os riscos do uso indevido de medicamentos e a importância da conscientização sobre saúde mental e bem-estar físico.

 

Destaques