Netflix sofre acusações de sexualização infantil em filme

14/09/2020 10:21

A Netflix está sofrendo com o cancelamento de usuários, tudo por conta do lançamento do  filme “Mignonnes”. O título do filme no Brasil é “Lindinhas”. O filme estreou na última quarta-feira (9), gerando muitas polêmicas entre os assinantes do streaming.
 
O cancelamento é devido às acusações de sexualização infantil no pôster de divulgação. O filme estreou no Festival de Sundence e mostra a vida de uma garota de 11 anos que, ao lado das suas amigas do colégio, forma um grupo de dança e coreografia. 
 
Alguns internautas chamaram atenção porque o filme é quase 80% formado por protagonistas infantis e, mesmo assim, a classificação é para maiores de 16 anos, por conter conteúdo sexual, violência e linguagem imprópria.
 
As críticas ao lançamento estão entre os assuntos mais comentados do Twitter, com a hashtag #CancelNetflix, que significa “cancele a Netflix”. Durante a divulgação da produção, a Netflix publicou pôster e vídeo diferentes dos utilizados na França. 

Além disso, os telespectadores fizeram petições e divulgaram nas redes sociais, para conseguirem o máximo de assinaturas possíveis para a remoção do filme do catálogo. Até agora, a Netflix não se manifestou sobre a remoção do filme e apenas pediu desculpas e substituiu o pôster.