Erupção vulcânica em Grindavik, Islândia, provoca grande fenda urbana

Atividade do vulcão Fagradalsjall causa fissura nas ruas da cidade islandesa e leva a evacuação emergencial

Por Plox

14/11/2023 13h44 - Atualizado há 5 meses

A cidade de Grindavik, localizada a 4 km da capital Reykjavik, na Islândia, vivenciou um fenômeno assustador devido à atividade do vulcão Fagradalsjall. Vídeos divulgados nas redes sociais nesta terça-feira (14) mostram uma grande fenda se abrindo nas ruas e calçadas da cidade durante a erupção do vulcão. A situação alarmante levou à evacuação da cidade na última sexta-feira (10), com aproximadamente 4 mil pessoas deixando suas casas após o magma correr sob a crosta terrestre, causando centenas de terremotos na região.

Reprodução Redes Sociais 

Resposta de Emergência e Precauções

A Proteção Civil e Gestão de Emergências da Islândia informou que uma fissura de 15 km de comprimento se formou, e uma erupção poderia ocorrer a qualquer momento ao longo dessa extensão. Felizmente, até o momento, não há registros de feridos causados pela abertura da fenda. O governo islandês declarou estado de emergência na sexta-feira (10) após uma série de terremotos atingir o sudoeste da Península de Reykjanes, com mais de 500 terremotos registrados em um curto período, incluindo 14 com magnitude superior a 4.

Histórico de Erupções e Atividade Vulcânica

Fagradalsfjall, localizado na península de Reykjanes, já foi palco de três erupções recentes: em março de 2021, agosto de 2022 e julho de 2023. Todas ocorreram longe de infraestruturas ou áreas povoadas. A Islândia, conhecida por seu alto número de sistemas vulcânicos ativos - 33 no total - está localizada sobre a Dorsal Meso-Atlântica, um rift oceânico que separa as placas tectônicas da Eurásia e da América do Norte, explicando a frequente atividade sísmica na área.

Destaques