Modelo Barbarhat Sueyassu aborda identidade racial e vitiligo em viral no TikTok

Barbarhat, diagnosticada com vitiligo universal, discute percepções sobre cor e identidade em vídeo de grande repercussão

Por Plox

14/11/2023 08h29 - Atualizado há 6 meses

Barbarhat Sueyassu, modelo e influenciadora, ganhou atenção nas redes sociais após compartilhar um vídeo esclarecendo sua condição de vitiligo universal, a mesma doença que afetou Michael Jackson. Diagnosticada aos 4 anos, Barbarhat perdeu grande parte da melanina de seu corpo. No vídeo, que alcançou mais de 3,6 milhões de visualizações, ela afirma: "Pode parecer até um absurdo o que eu vou falar agora, mas não, eu não sou uma pessoa branca".

Barbarhat Sueyassu REPRODUÇÃO/TIKTOK/@BARBARHAT

Trajetória Pessoal e Profissional

Barbarhat mostrou em seu vídeo fotos de sua infância e adolescência, compartilhando que tentou tratamentos para restaurar sua melanina, mas sem sucesso. "Daí, eu 'larguei mão' desde os meus 15 anos, falei: 'Quer saber de uma coisa? Deixa isso pra lá'. E, agora, o vitiligo se expandiu da forma que vocês estão vendo", explicou.

Conscientização sobre Vitiligo

A modelo enfatiza que o vitiligo, embora altere a pigmentação da pele, não muda a identidade racial de uma pessoa. "Uma pessoa que é negra vai continuar sendo negra. O vitiligo despigmenta a pele, mas não muda a identidade racial de uma pessoa. Então, uma pele negra com vitiligo continua com a pele negra, porém, despigmentada", concluiu Barbarhat, trazendo luz a uma discussão importante sobre raça, identidade e percepção na sociedade.

Repercussão e Impacto Social

O vídeo de Barbarhat reforça a importância de entender e respeitar as diferentes condições que afetam as pessoas, especialmente em contextos de identidade racial e aparência física. Seu depoimento contribui para a conscientização sobre o vitiligo e a complexidade da identidade racial, desafiando percepções pré-concebidas e estereótipos.

Destaques