Campeão do Pescando no Parque fisgou Tambaqui de 15,5 quilos

15/04/2019 13:50

Publicidade

A edição 2019 do ‘Pescando no Parque’, evento especial em comemoração ao 55º aniversário de Ipatinga, quebrou recordes. Mais de 2 mil pessoas se reuniram na manhã de domingo (14), no entorno da lagoa do Parque Ipanema, para participar da competição aberta a toda a comunidade. E o resultado da pesca superou as expectativas. O primeiro colocado fisgou um Tambaqui com 15 quilos e 500 gramas. Nas três últimas edições, os primeiros lugares haviam pescado peixes de 13,1 quilos, 11,7 quilos e 8,5 quilos. 
 
O certame começou às 7h e, apenas uma hora depois, os maiores peixes pescados já eram apresentados aos organizadores, representantes da Secretaria Municipal de Cultura, Esportes e Lazer, da Associação dos Pescadores Amigos do Rio Doce e seus Afluentes (Aspard) e da Associação Regional de Proteção Ambiental do Vale do Aço (ARPAVA). Ao meio-dia, o prefeito Nardyello Rocha, depois de cumprimentar os participantes, percorrendo toda extensão da lagoa, realizou a cerimônia de premiação. 

DivulgaçãoIMG 52591

Estima-se que mais de 60 quilos de peixes, entre Tambaquis, Pacus e Tilápias, tenham sido retirados das águas durante a pescaria coletiva, que se estendeu até às 17h.

Após pescar o peixe mais pesado do evento, com 15,5 quilos, José Roberto, pescador desde os cinco anos de idade, atribuiu seu bom desempenho à vistoria que fez na lagoa um dia antes do evento, procurando investigar o ponto de maior concentração de peixes.

DivulgaçãoIMG 4550

“Neste sábado (13), vim reconhecer o local onde eu ficaria para pescar. Percebi que próximo à ponte há uma maior quantidade de peixes e foi por ali que me assentei. Pouco tempo depois do início do evento, um Tambaqui de 15,5 quilos mordeu minha isca. Aí conta o tempo de experiência pra cansar o peixe e conseguir tirá-lo da água, porque pescar com vara simples é bem mais desafiador”, detalhou.  

Ainda segundo ele, “mais importante que conseguir pescar o maior peixe do evento é a gente desenvolver a consciência de que precisamos preservar o meio ambiente”. O vencedor realizou uma pesca desportiva, decidindo devolver à lagoa o maior Tambaqui pescado. Como premiação, José Roberto ganhou um conjunto de vara com três molinetes especiais, além de uma lanterna e troféu.  

Em segundo lugar ficaram os jovens Juliard Álvaro, José Felipe e Ivanildo de Jesus, do bairro Caravelas. Eles conquistaram uma barraca por trabalharem em conjunto para fisgar e retirar da água um peixe de 11,2 quilos. Na terceira posição ficou Brendon Washington, do bairro Planalto, que levou pra casa um peixe de 1,5 quilos e uma caixa térmica, como premiação. 

DivulgaçãoDJI 0242

No critério Maior Quantidade de Peixe Pescado, Rodrigo Alves, de Coronel Fabriciano, levou a melhor, fisgando aproximadamente 30 peixes, entre Tilápias e Tambaquis, de tamanho pequeno e médio, num total de 9 quilos.

Recém-chegada de Belo Horizonte a Ipatinga, Janice Lorena participou pela primeira vez do ‘Pescando no Parque’ ao lado do marido Wallace Costa e dos filhos Caio e César de Souza. “Achei muito organizado e interessante a Prefeitura conseguir reunir tantas pessoas num evento que nem demandou inscrição. Meu marido veio pescar e até agora não fisgou nada, mas mesmo que a gente não consiga peixe nenhum, visitar esse cartão postal de Ipatinga num domingo de festa com a família é ganhar um dia de descanso”, comemorou. 
 
Promovido pela Prefeitura de Ipatinga, o evento contou também com o apoio da Infrater, da Polícia Ambiental, da Polícia Militar, da Copasa e do SAMU. Os prêmios foram doados pela Aspard e ARPAVA, em uma parceria público-privada. 
 



Publicidade