Brasil é o 2° pior país do mundo para dirigir, segundo estudo

Qualidade das estradas, taxa de mortalidade no trânsito, congestionamento nas cidades e custo de manutenção do veículo em relação à renda foram os fatores considerados para fazer o ranking

Por Plox

15/04/2023 09h53 - Atualizado há cerca de 1 ano

Um estudo recente realizado pelo site inglês Compare The Market, com base em dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), revelou que o Brasil ocupa a indesejada posição de segundo pior país do mundo para dirigir, ficando atrás apenas da Rússia.

O ranking levou em conta quatro fatores cruciais para determinar as posições dos países: qualidade das estradas, taxa de mortalidade no trânsito, congestionamento nas cidades e custo de manutenção do veículo em relação à renda.

Foto: reprodução

 

O Brasil apresentou resultados preocupantes em todos os aspectos analisados. A qualidade das estradas recebeu nota 3,1, enquanto o congestionamento nas grandes cidades atingiu 28%. Além disso, o custo de manutenção dos veículos em relação à renda foi de 26% e a taxa de mortalidade no trânsito alcançou 16 a cada 100 mil pessoas.
A Rússia, líder do ranking, exibiu o pior índice de qualidade das estradas (2,9) e a mais alta taxa de congestionamento (37%). No entanto, a taxa de mortalidade no trânsito na Rússia foi menor, registrando 12 a cada 100 mil pessoas. O México ocupou a terceira posição entre os piores países para dirigir.

10 piores países para dirigir

Foto: reprodução

 

Por outro lado, o estudo também destacou os melhores países para conduzir um veículo. A Dinamarca conquistou o primeiro lugar, apresentando um dos menores índices de mortalidade no trânsito, com 3,7 a cada 100 mil pessoas. Os Estados Unidos e a Holanda ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente. Vale ressaltar que sete dos dez melhores países para dirigir estão localizados na Europa.
10 melhores países para dirigir

Foto: reprodução


 

Destaques