Casos de dengue em Minas é oito vezes maior que em todo 2018

15/05/2019 07:51

A média mensal é de aproximadamente 54 mil novos casos, somente neste ano

Publicidade

A quantidade de pessoas possivelmente infectadas em Minas Gerais somente nos primeiros meses de 2019 é cerca de oito vezes mais que em todo o ano passado. A média mensal é de aproximadamente 54 mil novos casos, somente neste ano. Houve 38 mortes pela doença, registrados até essa terça-feira, 14 de maio.

Larvas dengue- Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

Um dos problemas gerados pelo aumento dos possíveis casos é uma baixa no estoque de sangue, por exemplo, no Hemominas, na capital mineira. De acordo com Hellen Dupin, da área de coleta, os estoques baixaram a 30% do normal, pois, apesar de ter ocorrido uma redução no número de doadores, houve, entretanto, maior demanda pelo material. A representante do setor chama a atenção para o fato de que com a falta de sangue, são atendidos prioritariamente casos de urgências e emergências, podendo ficar para trás, por exemplo, as cirurgias, tendo que ser remarcadas.

Para controlar o avanço da doença, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) tem aumentado as vistorias nas casas e investidos em conscientização, além de fazer o repasse de verbas para cidades em que há alta ou muito alta incidência de dengue. A única forma de se evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue, o Aedes Aegypti, é a prevenção e a atenção aos locais que podem servir como criadouros. O mosquito também transmite chikungunya e o vírus zika. Mobilizar a todos, eliminando a água parada, ajuda no combate aos focos.

Atualizada às 10h31



Publicidade