Paraíso realiza a 4ª Festa em homenagem aos Tropeiros

15/05/2019 08:47

A festa terá uma série de atrações na Área de Eventos do centro da cidade, durante todo o dia, como apresentações culturais e competições de animais e cavaleiros

Publicidade

Santana do Paraíso vai receber comitivas de cavaleiros e turistas de várias cidades no ultimo domingo de maio, (26), para a sua 4ª Festa do Tropeiro, evento que visa homenagear aqueles que foram os principais responsáveis pelo desbravamento do município no final do Século XIX. A festa terá uma série de atrações na Área de Eventos do centro da cidade, durante todo o dia, como apresentações culturais e competições de animais e cavaleiros.

A Prefeitura de Santana do Paraíso montará uma estrutura para receber cavaleiros de várias cidades e a arena onde serão realizadas várias atividades, como a Prova da Argolinha, Prova do Tambor e Prova da cadeira. Haverá ainda premiação para o cavaleiro mais velho e cavaleiro mais novo, para amazonas mais velha e mais nova, para o animal mais bem traiado e premiação para a maior comitiva.

(Foto: divulgação)(Foto: divulgação)

(Foto: divulgação)(Foto: divulgação)


A Festa do Tropeiro de Santana do Paraíso de 2019 será no domingo a partir das 10h, com a concentração das comitivas de cavaleiros de diversas regiões na Área de Eventos. De lá, os cavaleiros sairão em desfile pelas ruas da cidade fazendo uma parada em frente ao monumento ao Tropeiro na Avenida Minas Gerais, depois retornam para à Área de Eventos. Durante todo o dia serão realizadas competições e apresentações gratuitas do grupo de batuque da comunidade do Achado. Encerrando a festa será realizado um Show com a dupla Arthur e Eduardo. O evento , custeado com recursos do fundo do Turismo é realizado todos os anos no ultimo domingo de maio através de uma parceria da Prefeitura de Santana do Paraíso com o Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

(Foto: divulgação)(Foto: divulgação)

RESGATE HISTÓRICO E CULTURAL
O resgate histórico e cultural é o objetivo principal da Festa do Tropeiro de Santana do Paraíso, a começar pelos antigos viajantes que, no lombo de mulas e cavalos, tinham a cidade como principal ponto de parada e de referência no transporte de cargas para a região hoje conhecida como Vale do Aço.

(Foto: divulgação)(Foto: divulgação)

No fim do Século XIX, quando ainda se chamava Taquaraçu e era distrito de Ferros, Santana do Paraíso era o principal ponto de parada dos tropeiros que traziam mercadorias para a região. Vindas geralmente de Antônio Dias, as tropas passavam pelo Calado (Coronel Fabriciano) e Barra Alegre (Ipatinga) seguiam até o Achado, subindo a Serra do Chico Lucas e seguindo viagem em direção a Ferros.


(Foto: divulgação)(Foto: divulgação)

O principal ponto de parada dos tropeiros era a cachoeira do Engelho Velho, no centro da cidade, próximo ao local onde hoje se situa a Prefeitura Municipal. Com isso, ao longo dos anos as tropas foram aumentando e a margem da 



Publicidade