Atlético perde invencibilidade sob comando de Milito ao ser derrotado pelo Peñarol

Uruguaios vencem pela penúltima rodada da fase de grupos; Galo segue líder e classificado às oitavas

Por Plox

15/05/2024 06h12 - Atualizado há cerca de 1 mês

A invencibilidade do Atlético-MG sob o comando de Gabriel Milito chegou ao fim nesta terça-feira, com a derrota por 2 a 0 para o Peñarol, no estádio Campeón del Siglo, pela penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores. Os gols do time uruguaio foram marcados por Lucas Hernández e Maxi Silvera, ambos após rebotes em cobranças de falta de Leo Fernández.

Foto: Pedro Souza / Atlético
 

 

No primeiro tempo, o Atlético-MG dominou a posse de bola, mas encontrou dificuldades para penetrar a forte defesa do Peñarol. A equipe uruguaia levou perigo ao gol de Everson em cobranças de falta e contra-ataques. Sequeira teve duas boas oportunidades, mas não conseguiu converter.

Foto: Pedro Souza / Atlético
 

 

A história se repetiu no segundo tempo. O Atlético continuou com mais posse de bola, mas sem efetividade. O Peñarol, por sua vez, aproveitou bem as oportunidades que teve. Aos 25 minutos, Leo Fernández cobrou uma falta na trave, e no rebote, Lucas Hernández abriu o placar. Pouco depois, em lance semelhante, Maxi Silvera ampliou a vantagem para 2 a 0.

Mesmo com a derrota, o Atlético-MG permanece na liderança do Grupo G, com 12 pontos, e já está classificado para as oitavas de final. O Peñarol, com nove pontos, ocupa a segunda colocação e ainda briga por uma vaga na próxima fase.

Destaques