Avião RV-10 ultrapassa limites da pista e cai em barranco de Aeroporto em Minas Gerais

De acordo com os registros na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a aeronave é propriedade de uma empresa de transporte de cargas localizada em Campinas

Por Plox

15/06/2023 15h20 - Atualizado há 10 meses

Um avião RV-10, produzido pela Flyer Indústria Aeronáutica, se viu implicado em um incidente no Aeroporto de Pouso Alegre, localizado na região Sul de Minas Gerais, na manhã de quinta-feira (15). Durante a manobra de pouso, a aeronave, registrada sob a matrícula PP-ZZX, ultrapassou os limites da pista e desceu uma ladeira no terreno do próprio aeroporto.

Segundo as informações apuradas, a aeronave decolou do Aeroporto de Amarais, situado no interior de São Paulo, especificamente na cidade de Campinas, por volta das 9h20. O incidente ocorreu próximo das 9h50, durante a tentativa de aterrissagem.

Avião desceu a ladeira que fica no terreno do próprio aeroporto. Foto: Reprodução/Redes Sociais. 

 

Em comunicado oficial, a Prefeitura de Pouso Alegre, que administra o aeródromo, confirmou a ocorrência do incidente. A nota informa que, durante a manobra de aterrissagem, o avião ultrapassou o limite da pista e parou na área de declive da pista. “O município esclarece que não foi necessário nenhum atendimento médico, não houve feridos e a aeronave já foi devidamente rebocada", diz o comunicado oficial. Além disso, ressalta que o caso será tratado de acordo com as normas técnicas apropriadas.

Informações sobre a aeronave e a empresa proprietária

De acordo com os registros na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a aeronave é propriedade de uma empresa de transporte de cargas localizada em Campinas. O avião, fabricado em 2018, tem capacidade para acomodar três passageiros e não está autorizado a operar como táxi aéreo. Os registros da ANAC caracterizam a aeronave como experimental. Tentativas de contato com a empresa para comentar o incidente não foram atendidas.

Destaques