Homem é preso acusado de dirigir embriagado e ameaça após acidente em Ipatinga

Segundo a PM, o motorista do outro veículo envolvido no acidente relatou que o acusado teria o ameaçado

Por Plox

15/07/2021 08h36 - Atualizado há quase 3 anos

Na tarde dessa quarta-feira (14), um homem foi preso acusado de dirigir sob efeito de bebida alcoólica e ameaça. O acidente aconteceu na avenida Juscelino Kubitscheck, no bairro Jardim Panorama, em Ipatinga, Minas Gerais.

Segundo a Polícia Militar (PM), em contato com os condutores no local do acidente, o motorista da caminhonete relatou que se deslocava no sentido bairro /Centro, mas estava com seu veículo parado na via, por conta de uma fila de carros. Nesse momento, sentiu um impacto e notou que um carro colidiu na traseira de seu veículo.

Acidente ocorreu no bairro Jardim panorama. Foto: reprodução/ Google Street View

 

O motorista da caminhonete disse também que o condutor do veículo Gol desembarcou do carro aparentando estar muito agitado, com sinais de ter ingerido bebida alcoólica, e pediu para que ele retirasse o carro da via e os dois resolvessem o problema.  

O condutor da caminhonete ainda relatou aos militares que recusou a retirada do carro e disse que iria acionar a PM e seguro. Nesse momento, o condutor do Gol teria o ameaçado, com os dizeres: “não vale a pena perder a vida por conta de um carro”.

Já o condutor do Gol disse aos policiais que estava em deslocamento pela via e o condutor da caminhonete freou em sua frente. Com isso ele não conseguiu frear seu veículo e ocorreu a colisão. O motorista do Gol disse também que após a colisão, como seu carro não possuía condições de rodar, ele acionou um guincho particular para retirar o veículo e desobstruir a via.

De acordo com os militares, como o condutor do carro aparentava estar muito agitado, gesticulando, com hálito etílico e nervoso, os policiais pediram para que ele realizasse o teste do “bafômetro”, tendo ele se recusado. O motorista do Gol também disse que se o condutor da caminhonete quisesse receber algum valor, deveria entrar na justiça.

Conforme relatado no boletim de ocorrência, perguntado se havia feito uso de bebida alcoólica, o motorista do Gol informou, na frente do condutor da caminhonete e de testemunhas, que teria bebido uma cerveja durante a tarde. Diante da situação, o condutor do Gol foi detido pelo crime de embriaguez e, nesse momento, disse em tom ameaçador ao motorista da caminhonete, na presença dos policiais, "a gente ainda tromba por aí".

O motorista do Gol foi preso em flagrante pelo crime de embriaguez na condução de veículo automotor e ameaça. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil. O motorista da caminhonete relatou que estava com dores no pescoço, por conta do impacto, mas dispensou atendimento médico. 
 

Destaques