Na disputa de pênaltis, América para em Cássio e dá adeus à Copa do Brasil

Cássio defendeu os pênaltis de Bóia e Benitez. Yuri Alberto deu os números finais na disputa dos pênaltis

Por Matheus Valadares

15/07/2023 18h10 - Atualizado há 9 meses

Em um jogo movimentadíssimo, o Corinthians eliminou o América da Copa do Brasil na tarde deste sábado. A partida teve cinco gols no tempo regulamentar e nos pênaltis o América parou em Cássio, que defendeu dois pênaltis e levou o Timão para mais uma semifinal.O primeiro momento foi bem elétrico, com boas chances para os dois lados. O Corinthians tinha mais de posse de bola e finalizava mais, enquanto o América apostava nos contra ataques.

Aos 7 minutos o Coelho levou o primeiro grande perigo ao adversário. Martínez cobra falta direto, surpreende barreira e obriga Cássio a fazer boa defesa.

Aos 22, foi a vez dos donos assustarem, Rojas, destaque da primeira etapa, recebeu de pelo meio, e chutou de fora da área, a bola passou com perigo pelo gol de Pasinato.

O jogo continuou movimentado e nos minutos final as duas equipes ainda tiveram boas chances de abrir o placar. Aos 41 minutos, o paraguaio Rojas recebeu bola longa de Cássio e cruzou de três dedos para Róger Guedes, que balançou a trave de Pasinato.

Quatro minutos depois, Mastriani, centro avante do América, recebeu passe por dentro, dominou e finalizou na saída de Cássio, que fez bela defesa.

O segundo tempo começou movimentado, e logo na primeira chance o Renato Augusto, ídolo corinthiano, fez a alegria dos torcedores. Fagner cruzou a bola na área e camisa 8 apareceu como centro avante, desviando de cabeça e mandando no contra-pé de Pasinato. 

O time paulista conseguiu ampliar o placar aos 19 minutos. Os donas da casa roubaram a bola e iniciaram rápido contra-ataque, Roger Guedes de lindo passe em profundidade para Ruan Oliveira, que cruzou na área e Yuri Alberto, como um “camisa 9”, se jogou na bola e ampliou o marcador.

Roger Guedes foi um dos destaques do Corinthians. Foto: Mourão Panda / América.

 

O América precisava reagir, e não demorou para isso acontecer. Martinez achou bela bola enfiada para Benitez, que já dentro da área dominou, girou e encobriu o Cássio, fazendo um lindo gol.

Mas as emoções não pararam por ai, aos 27 minutos do segundo tempo, quatro minutos após o gol do Coelho, Roger Guedes marcou o terceiro do Timão. Gil desvia a bola dentro da área e Guedes conclui para o fundo das redes de Pasinato.

Os estrangeiros continuaram fazendo a diferença para os mineiros. Benitez toca para Martinez, recebe de volta e chuta, a bola bate na defesa alvinegra e sobra para Mastriani, que sozinho diminuiu o placar.

Pênaltis

Como o primeiro jogo havia sido ganho pelo América por 1x0, o resultado agregado ficou por 3x3 e a decisão para a última vaga na semifinal ficou para ser decididas nas penalidades máximas. 

O América abriu as cobranças de pênaltis com Mastriani, que bateu no meio do gol e abriu o marcador.

Fábio Santos deixou tudo igual. O lateral bateu cruzado, Pasinato tocou na bola, que entrou mansa no gol: 1x1.

Marcinho, que entrou no segundo tempo, tentou acertar o ângulo e isolou a batida.

Giuliano não desperdiçou a oportunidade de deixar o Corinthians na frente. Ele deslocou Pasinato, batendo no lado esquerdo.

O Coelho perdeu o segundo pênalti seguido. Bóia bateu fraco, entre o lado direito e o meio, e Cássio defendeu facilmente.

Adson bateu cruzado e Pasinato defendeu, deixando o Coelho vivo na disputa.

Benitez, que mudou a partida e deixou o América vivo, bateu forte no meio e Cássio pulou para o lado direito, mas com o pé evitou o gol.

Yuri Alberto, na quarta batida do Corinthians, garantiu a classificação para a semifinal e deu números finais nas disputas de pênaltis: 3x1.
 


 

Destaques