Bombeira de 31 anos morre durante combate a incêndio florestal

15/09/2019 22:39

Marizelli Armelinda Dias foi atingida por uma árvore e por fios de alta tensão

Publicidade

Uma bombeira morreu após ser atingida por uma árvore e fios de alta-tensão ao combater um incêndio numa mata no Distrito Federal. O acidente que vitimou a soldado Marizelli Armelinda Dias de 31 anos, aconteceu na tarde desse domingo, 15 de setembro.

A militar estava recém-incorporada ao Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) e estava trabalhando no combate ao fogo, quando uma árvore caiu e “puxou” os fios elétricos. Ela sofreu traumatismo craniano e diversas fraturas pelo corpo, além uma parada cardíaca no local e mais duas no Hospital Regional de Ceilândia (HRC), para onde foi levada em estado grave.

Foto: Reprodução

Marizelli deixa dois filhos pequenos- Foto: Reprodução/CBMDF

Nesta manhã de segunda-feira, 16, a corporação divulgou uma nota em suas redes sociais, lamentando a morte e informando que por motivo de luto, não haveria expediente administrativo na data de hoje. Diz um trecho do comunicado: “ A soldado Marizelli ficará para sempre em nossa memória como exemplo de supremo desprendimento: oferecer a própria vida em prol do próximo, morreu por cada um de nós. Ela lutou bravamente e não retornará aos seus. Que receba a merecida glória eterna”. 

Bombeira

A soldado foi recentemente incorporada ao Corpo de Bombeiros-Foto: Reprodução

Marizelli era divorciada e tinha dois filhos, um de 4 e outro de 5 anos. Será realizada uma homenagem póstuma da corporação no 2º Grupamento de Bombeiro Militar de Taguatinga, às 14h. O corpo será sepultado às 17h30.

Veja o vídeo do socorro:
 

 

Atualizada às 11h03



Publicidade