Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Mulher armada com faca invade igreja e coloca faca no pescoço de criança na região do Vale do Aço

    Um policial, usuário do templo, estava no local e impediu que o menino fosse atacado

    Por Plox

    15/09/2021 11h29 - Atualizado há 6 dias

    Na noite dessa terça-feira (14), uma mulher de 28 anos, armada com uma faca, invadiu uma igreja e colocou a faca no pescoço de uma criança. Ela disse que queria saber onde a mãe dele estava para tirar satisfações pessoais. O caso aconteceu na avenida José Rodrigues De Almeida, em Ipaba, na região do Vale do Aço, Minas Gerais.

    A Polícia Militar compareceu na igreja e encontrou a suspeita sendo contida por outros dois policiais, usuários do templo. A mulher estava bastante agitada e também foi contida pelos militares que atuaram na ocorrência.

    Conforme testemunhas, a suspeita teria entrado na igreja com um objeto escondido e caminhou em direção ao menino de 12 anos. Nesse momento, a mãe da mulher disse para um dos policiais que estava no local: “ela está armada, moço”.

    A suspeita então teria chegado perto da criança e colocado uma faca no pescoço dele. Nesse momento, ela foi impedida da agressão. Os policiais que estavam na igreja ficaram feridos, ambos no braço esquerdo, devido a suspeita ficar se debatendo e tentando sair da contenção.

    Ao chegarem com a mulher no ponto de confecção do boletim de ocorrência, os policiais se depararam com a mãe da criança no local. Ela disse que foi informada que a suspeita estava com uma faca e a procurando, para lhe atacar.

    A agressora relatou aos militares que há alguns dias teria percebido que sua mãe estava sabendo de coisas pessoais sobre ela, e acreditava que a mãe da criança seria quem estaria repassando as informações. Por isso decidiu ir atrás da mulher e teria chegado com a faca próxima ao filho dela, pois queria saber onde ela estava, com a intenção de saber “da boca dela”, se ela estaria falando as coisas.

    A suspeita sofreu uma pequena lesão no pulso do braço esquerdo e escoriações no ombro e nas costas. Ela foi levada ao posto de saúde, recebeu atendimento e foi liberada. Diante dos fatos, ela foi presa e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]