Ipatinga

bichos

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Saiba os cuidados que devem ser tomados com os cães em dias quentes

    Os tutores devem sempre se preocupar com a hidratação e com o horário dos passeios

    Por Plox

    15/10/2021 17h27 - Atualizado há cerca de 2 meses

    Com a chegada da primavera/ verão no Brasil, país tropical, não são só os humanos que sofrem com o calor, os pets também podem sentir a elevação na temperatura. Os tutores dos cães devem se preocupar com a hidratação, para amenizar os impactos.

    Os cães não apresentam glândulas sudoríparas e transpiram pela língua, por isso, é normal em dias quentes ver eles com as línguas “para fora”. Além de hidratação e alimentação, horários de passeios podem contribuir para que o animal sinta menos o calor.

    Foto: Lúcio Antônio/ Plox

     

    Na parte de hidratação, é sempre importante trocar a água dos cães, sempre com água fresca, para ajudar no controle corporal. Em alguns casos, colocar pedras de gelo com um pouco de água, para ir derretendo aos poucos, é uma boa opção.

    Algumas frutas, como melancia e manga, também podem ser batidas com água e colocadas em formas para congelar, fazendo assim um “gelinho de frutas” para eles, servindo como um alimento refrescante.

    Lugares com sobras são recomendados. Foto: Lúcio Antônio/ Plox

     

    Outra preocupação nas grandes cidades é com o passeio dos animais. Muitos vivem em apartamentos e passeiam com seus animais em horários que já tem sol. É importante ter cuidado com o calor do solo onde o cachorro pisa, para evitar lesões nas patas. Um bom horário é passear antes das 10h, e depois das 16, porém, o horário pode variar, devido ao calor nos diferentes locais do país.

    Outra dica é dar banhos refrescantes aos animais, ao menos uma vez na semana, porém, é preciso se preocupar com o momento que o animal deve tomar banho. Uma dica é não dar banho logo após o passeio, visto que a saída para o pet funciona como um exercício.

    Os tutores devem sempre se preocupar com horário dos passeios. Foto: Lúcio Antônio/ Plox

     

    Isso significa que o corpo do cachorro pode estar quente e, se o banho for gelado, pode ocorrer choque térmico, o que não é bom para a saúde do seu pet. Se o banho for depois do passeio, espere alguns minutos, para seu pet se hidratar e diminuir sua temperatura corporal.

    Ainda é importante lembrar que, em caso de qualquer diferença no comportamento do animal, é necessário uma consulta com o veterinário de confiança, para verificar se a saude do pet está em dia.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]