Policial em folga se nega a intervir em ameaça armada a jovem em São Paulo

Incidente capturado em vídeo gera controvérsia sobre deveres policiais fora do horário de serviço

Por Plox

15/11/2023 08h24 - Atualizado há 6 meses

Um incidente preocupante ocorreu no portão de acesso ao Parque da Juventude, adjacente à estação Carandiru do metrô, na zona norte de São Paulo. Na tarde de domingo (12), um homem ainda não identificado agrediu e ameaçou um jovem com uma pistola. O evento foi gravado por um fotógrafo e veio a público por meio da Ponte Jornalismo na segunda-feira (13).

 

 

Foto: Reprodução redes sociais

Intervenção Policial Ausente 

As imagens capturadas mostram uma policial militar, fardada e armada, próxima à estação, observando a situação sem intervir. Apesar de presenciar as ameaças, ela recusa-se a agir e, surpreendentemente, chuta o jovem vítima da ameaça. Confrontada pelo fotógrafo sobre sua inação, a policial justifica estar de folga e que a conduta apropriada seria ligar para o 190 solicitando uma viatura.

 

Resposta Oficial e Consequências 

Em resposta ao incidente, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) afirmou que a policial foi identificada e enfrentará processos criminal e disciplinar devido à sua conduta omissiva. A SSP enfatizou a gravidade do ato, destacando que não alinha com as expectativas da sociedade nem com as responsabilidades dos profissionais de segurança pública. A Ouvidoria da Polícia também iniciou um procedimento, solicitando medidas à Corregedoria da PM e ao Ministério Público.

 

Contexto do Incidente

 O fotógrafo, que preferiu manter anonimato, relatou ter se deparado com a cena ao descer as escadas da estação Carandiru. Ele observou um jovem imobilizado e um homem armado, decidindo então registrar o ocorrido. A região, como reportado pela Folha de S.Paulo, tem experienciado um aumento na criminalidade. O jovem, que estava sangrando na cabeça, é suspeito de ter cometido um furto.

 

Destaques