Tragédia em São Paulo: menino de 2 anos morre após ser esquecido em Van escolar

Avó lamenta a perda e pede justiça; Motorista e Auxiliar são presos por homicídio

Por Plox

15/11/2023 07h49 - Atualizado há 6 meses

A Tragédia na Vila Maria

 Na Zona Norte de São Paulo, um menino de dois anos, Apollo Gabriel Rodrigues, enfrentou um destino trágico. Esquecido em uma van escolar pelo motorista e um auxiliar, ele foi encontrado sem vida após um dia de calor intenso. O incidente ocorreu nesta terça-feira (14), abalando a comunidade da Vila Maria.

 

Foto: Arquivo pessoal / Reprodução

Declarações da Avó 

Luzinete Rodrigues dos Santos, avó do menino, conversou com a TV Globo. Com voz embargada, ela relembrou que Apollo foi colocado na van por volta das 7h da manhã, mas nunca chegou à creche. A família só recebeu notícias à tarde, quando Apollo já estava no Hospital Municipal Vereador José Storopolli, sem vida. "Minha filha quer justiça. Quem cuida de criança tem que ter o máximo de responsabilidade", desabafou Luzinete.

 

Circunstâncias do Esquecimento 

O motorista e a auxiliar, que usualmente conferiam as crianças na lista de transporte, deixaram Apollo no veículo, estacionado sob calor extremo. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas de São Paulo registrou temperaturas de até 37,3°C. Horas depois, ao retornar ao veículo, encontraram o menino já desacordado. A polícia suspeita que a causa da morte tenha sido o calor excessivo.

 

Resposta das Autoridades 

A Polícia Civil agiu rapidamente, prendendo os responsáveis em flagrante por homicídio. O caso foi registrado como homicídio contra menor de 14 anos. Ambos foram encaminhados ao IML e aguardam audiência de custódia. Paralelamente, a Prefeitura de São Paulo descredenciou o condutor do Transporte Escolar Gratuito e abriu um processo administrativo para investigar o ocorrido.

 

Apoio à Família 

A Diretoria Regional de Educação e o Núcleo de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem se mobilizaram para oferecer suporte psicológico e psicopedagógico à família enlutada. "É um momento de profunda tristeza e consternação. Estamos fazendo todo o possível para apoiar a família nesse momento difícil", afirmou um porta-voz da Diretoria.

 

Lembranças de Apollo 

Conhecido por sua timidez e ternura na escola, Apollo Gabriel deixa saudades. Segundo a avó, ele era um menino amoroso, cercado pelo carinho de suas duas irmãs, que também frequentavam a mesma creche.

 

Destaques