Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Tenente-Coronel Erbert assume o comando do 58ºBPM em Coronel Fabriciano

    Na ocasião, o Tenente-Coronel Luiz Magalhães foi para reserva da corporação

    Por Plox

    16/02/2022 19h13 - Atualizado há 5 meses

    Nesta quarta-feira, 16, o comandante da 12ª Região de Polícia Militar, Coronel Juliano Fábio Lemos Dias, presidiu a solenidade de passagem de comando do 58º BPM, com sede em Coronel Fabriciano. Na ocasião, o Tenente-Coronel Luiz Magalhães foi para reserva da corporação e passou a direção do Batalhão para o Tenente-Coronel Erbert Evangelista Amâncio de Souza. Estiveram presentes no evento autoridades civis e militares.

    Foto: Marcelo Augusto / Plox


    Em seu discurso, o novo comandante do 58º BPM, Tenente-Coronel Erbert Evangelista, falou sobre a expectativa para essa nova fase em sua carreira e os desafios, como manter a redução nos índices criminais. “Desde que nos formamos na academia, estamos sempre nos preparando para gestão da segurança pública e provimento do bem-estar, cada dia melhor para comunidade. Aceito esse desafio com tranquilidade, já que conheço a região, e as cinco cidades que compõem a área territorial da unidade, que são Coronel Fabriciano, Timóteo, Jaguaraçu e Antônio Dias. Conto com a apoio das instituições, do sistema de defesa social, e comunidade para conseguirmos chegar no objetivo, que é uma região cada dia mais segura para se viver e empreender”.

    Veja o vídeo: 


    Questionado a respeito da demanda para reduzir ainda mais os crimes violentos, de acordo com o Tenente-Coronel Erbert, a Corporação conta com ferramentas de gestão administrativa e metas para combater a criminalidade. “Cabe a nós investir e usar as estratégias necessárias para redução dos crimes violentos, principalmente, os homicídios. Trabalharemos como total afinco para reduzir ainda mais esses índices, que estão bons. Vou continuar o trabalho deixado pelo meu antecessor, que é essa queda continuada dos crimes, não só os considerados violentos, mas todos que de alguma forma possam incomodar a sociedade”.
    A solenidade foi marcada de homenagens, o Tenente-Coronel Magalhães recebeu a insígnia do 58º BPM, que é considerada o símbolo maior da presença do comandante do aquartelamento, como forma de reconhecer os bons serviços prestados a unidade. Ele também teve sua foto inaugurada na galeria de ex-comandantes. Ele também foi homenageado pelo Rotary e Câmara de Timóteo e de Coronel Fabriciano.
    O Tenente-Coronel Magalhães, termina a carreira no 58º BPM, unidade onde ficou por sete anos, com o sentimento de dever cumprido. “Na PM tive muitas emoções ao longo da carreira, crescimento e aprendizado. Saio com o coração alegre e satisfeito”.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]