Ex-político indiano e irmão são assassinados ao vivo na TV

Segundo informações, Atiq Ahmed foi condenado por sequestro

Por Plox

16/04/2023 13h40 - Atualizado há 12 meses

No último sábado (15/4), o ex-político indiano Atiq Ahmed e seu irmão, Ashraf, foram brutalmente assassinados a tiros enquanto eram entrevistados pela imprensa sob custódia policial na cidade de Prayagraj, também conhecida como Allahabad, no estado de Uttar Pradesh, na Índia. O crime ocorreu em frente às câmeras e foi transmitido ao vivo na televisão indiana.

Atiq Ahmed, ex-parlamentar, enfrentava diversas acusações nas últimas duas décadas, entre elas sequestro, assassinato e extorsão. Recentemente, foi condenado à prisão perpétua em um caso de sequestro. Poucos dias antes do ocorrido, seu filho adolescente foi morto a tiros pela polícia. Ahmed havia afirmado anteriormente que estava sendo ameaçado por policiais.

Ashraf, à esquerda, e Atiq, à direita. Foto: reprodução/ Youtube/ Hindustan Times

 

As imagens chocantes mostram os irmãos algemados, conversando com jornalistas a caminho de um check-up médico em um hospital, quando um homem se aproxima e dispara tiros na cabeça de Atiq Ahmed. Após o ataque, três homens que se passavam por jornalistas se entregaram e foram presos.

No local do crime, um policial e um jornalista também ficaram feridos. Os suspeitos chegaram ao local em motocicletas, de acordo com a polícia.

Diante da gravidade do ocorrido, o ministro-chefe Yogi Adityanath ordenou uma investigação judicial sobre os assassinatos e proibiu encontros públicos de grande escala em Uttar Pradesh, visando manter a paz na região.

Especialistas e a imprensa local questionam como o crime pôde acontecer diante de tantas testemunhas, incluindo a polícia. Anant Zanane, correspondente em hindi da BBC, relata que a cidade de Prayagraj encontra-se em uma espécie de lockdown após o incidente.

Destaques