Animais silvestres enviados pelos Correios são apreendidos em Minas Gerais

Cobras e lagarto foram interceptados pela Polícia Civil durante operação contra crimes ambientais

Por Plox

16/05/2024 11h59 - Atualizado há 10 dias

Duas cobras-de-milho e um lagarto teiú foram apreendidos na quarta-feira, 15 de maio, em Lavras, no Sul de Minas, durante uma operação da Polícia Civil. A ação faz parte de uma investigação sobre a entrega de animais silvestres via Correios. Três homens, todos com 19 anos, foram detidos e confessaram o crime.

crédito: PCMG/Divulgação

Operação coordenada

A operação foi conduzida pela equipe de apuração de crimes ambientais da Delegacia Regional de Polícia Civil em Lavras, em parceria com o Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema/PCMG), sediado em Belo Horizonte. Informações fornecidas pelo Dema permitiram localizar os animais em três endereços distintos na região.

Investigação detalhada

Os animais foram identificados após uma série de denúncias e monitoramento das encomendas enviadas pelos Correios. A operação destacou a importância da colaboração entre diferentes unidades da polícia para combater o tráfico de animais silvestres, um crime que causa danos significativos à biodiversidade.

"A ação foi um sucesso graças ao trabalho integrado das nossas equipes", afirmou um representante da Polícia Civil de Lavras. "Continuaremos vigilantes para proteger nossa fauna."

Destaques