Morre o narrador esportivo Silvio Luiz aos 89 anos

Silvio Luiz faleceu em São Paulo devido a falência de múltiplos órgãos; deixou esposa, três filhos e um legado no jornalismo esportivo brasileiro.

Por Plox

16/05/2024 11h23 - Atualizado há 3 dias

O narrador esportivo Silvio Luiz morreu nesta quinta-feira, em São Paulo, aos 89 anos, devido a falência de múltiplos órgãos. Informações sobre o velório e o sepultamento ainda não foram divulgadas.

Silvio Luiz Peres Machado de Souza, nascido em 1934 na capital paulista, teve uma carreira notável na comunicação, influenciado por sua irmã, a ex-atriz Verinha Dercy. Silvio também atuou em novelas como "Éramos Seis" e "Cela da Morte" ao lado de Verinha, que faleceu aos 32 anos vítima de feminicídio.

Antes de se consolidar como um dos maiores locutores esportivos do Brasil, Silvio Luiz foi árbitro de futebol entre o final dos anos 1960 e início dos anos 1970. Ele também foi diretor de programação da Rede Record e trabalhou em várias emissoras, incluindo rádios Bandeirantes, Record, TV Excelsior, SBT, e TV Paulista.

Foto: Reprodução/Instagram

 

Como narrador, Silvio Luiz participou de diversas Copas do Mundo e se tornou uma das vozes mais reconhecidas do esporte brasileiro. Seus bordões criativos, como "Está valendo", "Olho no lance, éééé...", e "Confira comigo no replay", conquistaram o público e se tornaram parte do folclore do futebol nacional.

Além de seu trabalho como narrador, Silvio Luiz tentou, sem sucesso, presidir a Federação Paulista de Futebol em 1982 e 1985. Em 1982, recebeu apenas quatro votos e em 1985, oito votos.

Silvio era casado com a cantora Márcia desde 1989 e deixa três filhos: Alexandre, Andréa e André.

O último trabalho de Silvio Luiz na televisão foi na Record, onde comandava uma transmissão alternativa dos jogos do Campeonato Paulista ao lado dos humoristas Carioca e Bola. Durante uma partida entre Santos e Palmeiras, ele passou mal e foi internado pela primeira vez neste ano.

Após receber alta, Silvio Luiz voltou a ser internado em 8 de maio no hospital Oswaldo Cruz, em São Paulo, onde veio a falecer.

Destaques