Polícia Federal prende dono de lan house por pornografia infantil em operação em MG

Homem de Araguari é pego em flagrante transferindo vídeos de abuso infantojuvenil; PF investiga responsáveis pela produção do conteúdo

Por Plox

16/05/2024 08h43 - Atualizado há 14 dias

Uma operação da Polícia Federal (PF) resultou na prisão do proprietário de uma lan house em Araguari, no Triângulo Mineiro, por envolvimento com pornografia infantil. De acordo com a PF, o homem foi surpreendido enquanto transferia vídeos de material de abuso infantojuvenil de dispositivos externos para um computador.

Foto: PF / Divulgação

Apreensão e flagrante

A ação foi inicialmente motivada pelo cumprimento de um mandado de busca e apreensão no estabelecimento. No entanto, durante a execução da ordem, os policiais flagraram o crime em andamento e prenderam o suspeito. Os dispositivos de armazenamento contendo as imagens ilícitas foram apreendidos e passarão por perícia.

Acusações e consequências legais

O indivíduo detido enfrentará acusações de produção, comercialização, armazenamento e compartilhamento de material de abuso infantojuvenil. Esses crimes estão tipificados no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que prevê pena de um a quatro anos de reclusão, além de multa.

Investigações em andamento

Com o andamento das investigações, a Polícia Federal também focará na identificação dos responsáveis pela produção dos vídeos. Se identificados, esses indivíduos poderão ser acusados de estupro de vulnerável, um crime cuja pena pode atingir até 15 anos de reclusão.

Destaques