Prazo para convocação da lista de espera do Fies termina na sexta

MEC realizará nova oferta de vagas não preenchidas no segundo semestre

Por Plox

16/05/2024 13h15 - Atualizado há 3 dias

Encerra-se nesta sexta-feira (17) o prazo para as convocações da lista de espera da seleção do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre de 2024. O cronograma inicial, divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), previa o término das convocações em 30 de abril.

Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil

Desde o dia 28 de março, o MEC realizou cinco chamadas de candidatos da lista de espera, respondendo à alta demanda de estudantes interessados em obter financiamento subsidiado pelo governo federal para ingressar na educação superior.

Neste primeiro semestre, o Fies disponibilizou mais de 67.301 vagas para estudantes. As vagas que não forem ocupadas nesta edição serão reofertadas no processo seletivo do segundo semestre deste ano. A previsão do MEC é ofertar um total de 112.168 vagas nos dois processos seletivos de 2024.

Para garantir o financiamento, o estudante deve comparecer à faculdade escolhida, procurar a comissão permanente do Fies na instituição e apresentar a documentação exigida. Após essa etapa, deverá se dirigir ao banco responsável pela concessão do empréstimo.

Entenda o Fies

O Fies é um programa que oferece financiamento a estudantes de cursos de graduação em instituições de ensino superior privadas que aderiram ao programa.

Para solicitar o financiamento, o candidato da lista de espera precisa ter participado de qualquer edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, alcançando uma média mínima de 450 pontos e uma nota mínima de 400 na redação. Além disso, a renda familiar mensal per capita deve ser de no máximo três salários mínimos (R$ 4.236,00).

Com o financiamento público, o estudante pode cursar a graduação e iniciar o pagamento do valor financiado somente após a conclusão do curso. Se a renda familiar for de até 1,5 salário mínimo (R$ 2.118) por pessoa, não é necessário apresentar fiador. Todos os estudantes financiados pelo Fies têm taxa de juros zero.

 

 

 


 

Destaques