Inquérito contra Neymar por estupro deve ser reaberto a pedido de Najila

16/08/2019 12:43

Segundo o advogado dela, a polícia não esgotou todas as possibilidades

Publicidade

O inquérito da acusação de estupro supostamente pelo jogador Neymar deve ser desarquivado a pedido dos advogados da modelo Najila Trindade. A defesa dela protocolou o pedido sob o argumento de que a Polícia Civil não esgotou todas as possibilidades de apurações.

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ) deve definir se a ação será desarquivada, entretanto, o Ministério Público de São Paulo se mostrou contrário à reabertura. No último dia 14 de agosto, quarta-feira, Najila e o porteiro de seu prédio, Marcelo Gusmão, se acarearam na 11º Delegacia de Polícia de Santo Amaro. O foco da acareação era apurar sumiço de pertences da modelo, como dinheiro, tablet e outros. No local, a modelo foi interrogada, segundo Cosme Araujo dos Santos, advogado que a defende, e ela continua sendo investigada por isso.

Najila e Neymar

Foto: Reprodução

Atualizada às 13h56



Publicidade