Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Bandidos invadem igreja e fazem pastor e outras 5 pessoas de reféns em Ipatinga

    Vítimas contaram detalhes do crime; elas foram amarradas e criminosos ainda jogaram álcool nelas

    Por Plox

    16/09/2021 22h08 - Atualizado há cerca de 1 mês

    Bandidos armados assaltaram uma igreja na manhã desta quinta-feira (16), no centro de Ipatinga. Seis pessoas foram feitas reféns, incluindo, o pastor. Os criminosos fugiram e não foram localizados até o fechamento desta edição. 

    Durante o crime, as vítimas foram amarradas e ficaram sob a mira de uma arma de fogo. Os autores também jogaram álcool nelas e ameaçaram a família do líder religioso. Um cofre foi arrombado, porém, ainda não se sabe a quantidade de dinheiro que foi roubado.

    Igreja fica na avenida João Valentim Pascoal, no centro da cidade. Foto: Google Maps

     

    ENTENDA

    Conforme o boletim de ocorrência, as vítimas foram rendidas por quatro indivíduos, um deles estava armado com uma pistola. Duas zeladoras do templo contaram que, por volta das 8h45, dois dos criminosos tocaram o interfone e pediram para fazer uma doação de alimentos, um deles estava com uma caixa contendo alguns itens.

    A dupla pediu para as zeladoras chamarem o pastor para abençoar a doação. Nesse momento, o líder religioso foi até eles e, durante a oração, o interfone tocou novamente. Outros dois bandidos chegaram, foi quando um dos indivíduos que estava com o pastor sacou uma arma, enquanto os outros três subiram e renderam a secretária da igreja.

    À secretária, os criminosos disseram que eram policiais e que estavam no local para apurar uma denúncia de dinheiro ilícito. No entanto, começaram a virar as câmeras de vigilância para o teto. Ela, ao perceber que não eram policiais, foi surpreendida com o quarto autor que trazia as outras vítimas para a parte superior do templo.

    Ainda segundo o boletim de ocorrência, as vítimas foram amarradas com fios e fita adesiva na sala do pastor. Um dos autores pegou as chaves na mesa do líder da igreja e abriu a sala onde fica o cofre, enquanto outro buscava algumas ferramentas como marreta e talhadeira para arrombá-lo.

    Segundo as vítimas, havia ainda um quinto bandido no telefone que falava com os criminosos presentes. Os objetos pessoais dos reféns, como carteiras, foram roubados; já os celulares foram destruídos a marretadas. 

    AMEAÇAS 

    Durante a ação criminosa, os autores ainda colocaram uma arma de fogo apontada para a cabeça e o joelho do pastor, enquanto diziam: “queremos o dinheiro do cofre, é só abrir que vamos embora”. O líder religioso disse que não sabia o segredo, momento em que um dos bandidos passou o telefone para ele conversar com o quinto autor. 

    O criminoso por telefone disse que estava na casa do pastor e que sabia onde a mãe dele residia. Além disso, fez ameaças dizendo que se todos não cooperassem ele arrancaria um dedo do filho do líder da igreja e enviaria para ele. 

    Os bandidos também jogaram álcool nas vítimas, mandando que ficassem quietas. Um dos autores, segundo os relatos, era mais agressivo. Os mais calmos chegaram a dizer que ficaria tudo bem, “que elas estavam na bênção e não tinham o que temer”. 

    MAIS VÍTIMAS 

    Após o cofre ser arrombado e os criminosos encherem duas bolsas cinzas que haviam levado, o interfone tocou, exatamente no momento em que iam embora. Um senhor era quem chamava, mas ninguém atendia, foi quando um funcionário da igreja chegou e, por possuir as chaves, abriu o portão do templo. 

    Os dois quando entraram foram surpreendidos pelos bandidos que, com a arma na mão e apontada para eles, os renderam e os levaram para junto das outras vítimas, onde também foram amarrados. Em seguida, os autores disseram aos reféns para esperarem até 12h, pois alguém iria libertá-los. 

    Os criminosos ao fugirem levaram o aparelho de gravação das câmeras. Todos eles estavam de máscaras. Eles saíram com o dinheiro por volta das 10h20. O valor levado ainda está sendo apurado. 

    APLICATIVOS DE BANCO ACESSADOS

    Durante o assalto, os bandidos ainda acessaram o celular do pastor, tendo acesso a sua senha dos bancos do Brasil, Caixa Econômica e Sicoob. Também levaram sua carteira contendo documentos pessoais e R$ 430. 

    Os aplicativos de banco do telefone da secretária também foram acessados. Em nenhum dos casos, há informação se foi realizada alguma transferência bancária. A Polícia Civil se fez presente no local. O rastreamento prossegue na tentativa de localizar e prender os autores.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]