Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Homem morto com várias facadas em Timóteo é identificado

    Acusado do crime foi preso pela Polícia Militar

    Por Plox

    16/09/2021 18h39 - Atualizado há cerca de 1 mês

    O homem morto com vários golpes de faca em Timóteo, Minas Gerais, foi identificado como Maurício Neves do Nascimento, de 73 anos. O idoso era morador do bairro Recanto Verde em Timóteo, era casado e tinha dois filhos.

    A vítima foi morta por um indivíduo, identificado como Rairon Duarte Rodrigues, que foi preso pela Polícia Militar. A motivação do crime ainda é investigada.

    Maurício foi morto a facadas. Foto: reprodução

     

    O crime ocorreu na manhã desta quinta-feira (16), na avenida Alexandre Torquetti, no bairro Alegre, próximo ao trevo da Ponte Nova, que dá acesso ao Centro de Coronel Fabriciano, cidade vizinha. 

    Imagens flagradas por populares mostram o momento em que o indivíduo agride o idoso. A cena chamou a atenção de pedestres e motoristas que trafegavam próximo ao trevo. No entanto, apesar de tamanha violência, ninguém se dispôs a impedir as agressões.  Veja o vídeo:


    Segundo informações, uma testemunha do crime seguiu Rairon até o Centro de Coronel Fabriciano, local para o qual o acusado fugiu. A testemunha indicou onde o indivíduo estava aos policiais que realizaram a prisão. Com Rainon foi encontrado um cabo de faca com a lâmina quebrada e suja de sangue.

    Foto: reprodução/ WhatsApp

     

    De acordo com os militares, Rainon disse que teve uma desavença antiga com a vítima no bairro Alipinho, em Fabriciano, onde teria sido ameaçado e intimidado. Ele ainda confessou que atravessou a ponte e encontrou com Maurício, momento em que efetuou os golpes.

    A perícia técnica compareceu ao local e constatou aproximadamente 15 perfurações de faca no tórax, abdômen, braços, ombros, costas e na face. A lâmina da faca estava agarrada nas costas de Maurício. Após os trabalhos de praxe, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Um vídeo mostra o suspeito sendo preso.

     

    Ainda segundo a Polícia Militar, familiares de Rainon compareceram ao quartel da PM em Timóteo e informaram que ele estaria em tratamento psiquiátrico, desde o ano 2012, com quadro clínico de esquizofrenia. Rainon foi levado à Delegacia de Polícia Civil.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]