Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Vídeo acusando ministros dos STF de bandidos continua no ar; deputado foi preso

    O mandado de prisão foi expedido pelo ministro Alexandre de Moraes

    Por Plox

    17/02/2021 14h03 - Atualizado há mais de 1 ano

    Permanece no Youtube, mesmo após determinação de retirada do ar, o vídeo em que o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) acusa os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de serem “bandidos” e pedir o fechamento.

    “Vocês defendem a todo momento esse bando de terrorista, esse bando de vagabundo. Vagabundo protege vagabundo”, diz o deputado em parte do vídeo postado em seu canal no Youtube.

    Veja o vídeo postado pelo parlamentar:

     

    No vídeo, Silveira ataca seis ministros do Supremo: Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e Dias Toffoli.

    Na madrugada desta quarta-feira (17), o deputado do PSL-RJ, Daniel Silveira, foi preso no Rio de Janeiro pela Polícia Federal. 

    Por volta de 1h30 da madrugada ele deu entrada na Superintendência da Polícia Federal. Ele foi detido na Zona Portuária da cidade. O mandado de prisão foi expedido pelo ministro Alexandre de Moraes, onde ele determina que o cumprimento fosse "imediatamente e independentemente de horário por tratar-se de prisão em flagrante delito".

    Além de tudo, a prisão é inafiançável, por isso, o deputado deverá aguardar o crivo do presidente eleito da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Uma reunião da Câmara será convocada para avaliar a decisão do ministro. Os ministros do STF também vão julgar a decisão de Alexandre de Moraes.

    Alexandre de Moraes também determinou que o Youtube retire o vídeo do ar, sob pena diária de R$ 100 mil.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]