Manifestantes exigem obras emergenciais na BR-040 para reduzir acidentes

Ato público reúne centenas em pedido por melhorias na "Rodovia do Minério", ligando Nova Lima a Conselheiro Lafaiete

Por Plox

17/02/2024 11h31 - Atualizado há 4 meses

Centenas de manifestantes se reuniram neste sábado, 17 de fevereiro, entre Nova Lima e Conselheiro Lafaiete, na região Central de Minas Gerais, em um protesto que exige obras emergenciais na BR-040, especialmente no trecho conhecido como "Rodovia do Minério". O ato, que teve início às 10h, busca chamar a atenção para a necessidade de instalação de barreiras centrais, áreas de escape e a redução do fluxo de caminhões carregados com minério, visando diminuir os riscos de acidentes fatais.

 Foto: Arquivo pessoal / reprodução

Rodrigo Torres, de 51 anos, integrante do Movimento SOS 040, destacou a urgência das demandas: "Essa manifestação é um clamor público. O que nós estamos provando é que existe uma demanda e que as obras emergenciais na BR-040 precisam ser feitas", afirmou. Ele também criticou a postura do Governo de Minas e do Ministério Público, ressaltando a necessidade de ação imediata.

Dados alarmantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de 2023 revelam a gravidade da situação: a BR-040 registrou 1.023 acidentes, com 1.277 feridos e 91 mortes entre janeiro e julho, superando a BR-381, conhecida como "rodovia da morte", em número de vítimas fatais. Esse cenário coloca em evidência a falta de segurança e manutenção adequadas na rodovia.

 

 Foto: Arquivo pessoal / reprodução

A Invepar Via 040, concessionária responsável pela rodovia, é criticada por não cumprir as obrigações contratadas e por manter apenas serviços básicos, apesar da cobrança de pedágio. A empresa, que desde 2017 tenta devolver a concessão, deixou de realizar melhorias prometidas, resultando em 975 Termos de Registro de Ocorrência e 133 Autos de Infração, culminando em R$ 4,2 milhões em multas, das quais apenas 3,6% foram pagas.

O encerramento do protesto veio com um apelo de Torres por uma ação conjunta entre o Governo Federal, o Governo de Minas, Ministério Público, prefeituras, empresas e sociedade civil para encontrar soluções definitivas para os problemas emergenciais da BR-040, incluindo a realocação do tráfego de caminhões de minério para outras vias, demonstrando a importância de uma abordagem colaborativa para garantir a segurança e bem-estar dos usuários da rodovia.

Destaques