ASSISTA: Ministério da Saúde tem novo ministro; Brasil registra 217 novas mortes por coronavírus

Por Plox

17/04/2020 19h43 - Atualizado há cerca de 4 anos

O Ministério da Saúde atualizou o boletim da pandemia nesta sexta-feira (17). 217 novas mortes foram confirmadas nas últimas  24 horas como sendo provocadas pela Covid-19 no país.

O número total  de mortes pelo novo coronavírus no Brasil, ainda de acordo com informações do governo federal, é de 2.141 pessoas. O número de casos confirmados no país já ultrapassa 33 mil pessoas. 

Como esperado, durante a tarde de ontem, quinta-feira (16), após uma reunião com o presidente, o ministro Mandetta anunciou em suas redes sociais que foi demitido do cargo. Em seu comunicado, o ex- ministro disse que vai cooperar com o novo responsável pelo ministério.

Em seguida, em um pronunciamento no Palácio do Planalto, Bolsonaro oficializou Teich como o novo ministro da Saúde. Após o presidente reforçar sua ideia e pedir o fim do que ele chamou  de “confinamento em massa”, se referindo ao isolamento social, foi a vez do novo ministro se pronunciar.

Nelson Teich disse que possui um “alinhamento completo” com o presidente e com todo o grupo do Ministério. 

Ele também disse que não fará nenhuma mudança brusca em relação à política de isolamento, mas que é fundamental ter uma informação cada vez melhor sobre o que acontece com as pessoas e também no que  se refere a cada ação tomada.

O novo ministro disse que suas ações serão técnicas e embasadas na ciência. Ele é formado pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e, especializou-se em oncologia pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca). 

Teich é sócio de uma consultoria de serviços médicos, a Teich Health Care. Ele chegou a ser consultor de Bolsonaro durante a campanha eleitoral de 2018 e já naquela época era um dos cotados a assumir a pasta da Saúde.

Mesmo não tendo sido escolhido como ministro da Saúde na primeira ocasião, Teich participou do governo de Bolsonaro. Ele foi assessor do secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Denizar Vianna, entre setembro de 2019 e janeiro deste ano.

Em seu discurso na posse, realizada hoje, sexta-feira, no Palácio do Planalto, o ministro Nelson Teich disse que o acompanhamento diário, com estados e municípios, de informações atualizadas sobre o avanço do vírus e outros problemas será uma das táticas de sua atuação.

Sobre o embate se deve ser escolhida a saúde ou a economia, o ministro disse que independentemente do que seja escolhido , o resultado sempre deve buscar o que será benéfico para a população. 

Destaques