PL exige que bancos disponibilizem máscaras e álcool gel para clientes em Fabriciano

Por Plox

17/04/2020 11h50 - Atualizado há cerca de 4 anos

Está tramitando na Câmara Municipal de Coronel Fabriciano o projeto de lei proposto pelo vereador Leandro Xingozinho (PP), que disciplina o atendimento no interior de instituições financeiras, bancos, agências de crédito ou similares, em tempos de pandemia do Coronavírus, na cidade de Coronel Fabriciano-MG.

Em conversa com a reportagem do PLOX, o parlamentar informou que já solicitou junto à presidência da Casa, uma reunião extraordinária para a votação em caráter de urgência do projeto.

A matéria prevê a obrigatoriedade das instituições fornecerem máscaras de proteção e álcool gel 70% para todos os funcionários e clientes, enquanto durar a situação de emergência pública causada pelo vírus Covid-19.

bancosFoto: Valter Campanato / Agência Brasil
 

Segundo o vereador, o atendimento ao público realizado no interior das agências não poderão permitir aglomeração de pessoas, devendo restringir o número de pessoas nas áreas internas e externas dos estabelecimentos e observar distância igual ou superior a dois metros entre os clientes e funcionários. 

“Sou a favor do Auxílio Emergencial do governo, mas os bancos têm que garantir segurança para as pessoas receberem este recurso. E os bancos tem condição financeira para isso. Pois, da forma como está, o vírus vai se espalhar”, disse Xingozinho. 

O projeto também exige que seja disponibilizado no mínimo um funcionário para organização e controle das filas, nas áreas internas e externas das instituições, obedecendo o distanciamento de 2 metros.
 

Destaques