Milton Gonçalves entra com ação contra Paulo Betti por racismo

17/06/2019 15:35

A pena do acusado pode chegar a até um ano de detenção

Publicidade

O ator Paulo Betti, 66 anos, está sendo processado pelo também ator Milton Gonçalves, 85. Betti é acusado de racismo pelo colega e por Jorge Coutinho, também ator, por falas preconceituosas. Betti tem 15 dias para apresentar sua defesa e caso ele seja condenado, a pena pode chegar a até um ano de detenção. Além disso, ele também deverá pagar uma multa. A confusão teria começado em um grupo de conversas pelo aplicativo WhatsApp, há exatamente dois meses atrás.
Milton e Paulo

Os artistas estão concorrendo à presidência do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro (Sated), cada um por uma chapa. Paulo Betti disse no WhatsApp que a atual diretoria do sindicato já está lá há certo tempo e por ter representantes negros, a disputa seria bem complicada para Betti. Ele postou: "A atual diretoria do sindicato está lá há muito tempo e tem uma forte representação negra com Jorge Coutinho e o grande Milton Gonçalves, além do querido Cosme, isso complica bastante a luta, pois pode confundir as coisas", escreveu no grupo.

A defesa de Milton Gonçalves descreveu as declarações como "insinuações evidentemente maledicentes", além de conteúdo com "ambiguidade e dubiedade". A Sated/RJ não se manifestou sobre o caso. 

Conversa

Foto: Divulgação

Atualização 16h36

 



Publicidade