Governo deve liberar saques de contas ativas do FGTS

17/07/2019 11:23

Os trabalhadores poderão sacar até 35% dos recursos

Publicidade

Para tentar impulsionar a economia neste ano, o Ministério da Economia estuda disponibilizar saques de contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os trabalhadores poderão sacar até 35% dos recursos de suas contas. Também estão previstos saques do PIS-Pasep para breve, o que deve injetar um total de R$ 42 milhões na economia. Os saques devem ser de 35% dos recursos para aqueles que têm até R$ 5 mil de FGTS, já aqueles que possuem R$10 mil sacam 30% do valor. Quem tem mais que R$ 50 mil, o máximo de retirada seria de 10% do total.

Projeção é que PIB cresça 0,81% Marcus Leoni/Folhapress

Foto: Divulgação

A data de aniversário dos trabalhadores seria a base para a liberação dos saques, da mesma maneira como ocorre com as contas inativas, ou seja, de contratos já encerrados. Segundo o governo, a estimativa é de um aumento do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,81%. Especula-se que a iniciativa seja uma comemoração aos 200 dias do governo Bolsonaro, que será nesta quinta-feira, 18 de julho. O ex-presidente Michel Temer havia liberado o saque no FGTS a 25,9 milhões de trabalhadores em 2017.

Atualizada às 12h15
 

 



Publicidade