Flordelis é acusada pela sogra de ter tentado envenenar Anderson

17/08/2019 15:48

Segundo depoimento da mãe de Anderson, Flordelis e a filha da pastora tentaram envenenar Anderson

Publicidade

Na manhã deste sábado (17), mais um depoimento envolvendo a pastora Flordelis e o seu marido assassinado, Anderson do Carmo, criou polêmica.

O jornal “O Dia” divulgou detalhes sobre o depoimento da sogra da deputada, Maria Edna Virgínio Oliveira, de 64 anos, mãe de Anderson. Em suas falas, Edna disse que a pastora teria sido amante de Anderson quando o conheceu, já que ele se relacionava com a filha de Flordelis.

Edna revelou também que de a filha de Flordelis estaria tentando matar o padrasto com ajuda da pastora, por meio de envenenamento nas refeições. Daniel, o único filho biológico do casal teria revelado para a avó, o plano das duas.

Ela contou que “eles [ a filha da pastora., Flordelis, Lucas e Flávio] se reuniram na sala para sondar como poderiam matar Anderson já que o remédio não estava fazendo o efeito esperado”. E que o filho do casal, Daniel, teria informado o pai sobre os planos, mas “Anderson nunca teria acreditado na palavra do filho”.

Winton Junior/ Estadão

Edna ainda disse que a pastora fez uma fogueira no dia da perícia da Delegacia de homicídios para esconder provas. “Flordelis teria mandado pegar todos os documentos do cofre de Anderson e colocar fogo, pois o conteúdo seriam provas”, disse a mulher.



Publicidade