Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Ministério Público denuncia mulher que tentou matar companheiro, por ciúme, em Ipatinga

    Segundo o MPMG, a mulher assumiu que golpeou a mão do homem com uma tesoura, jogou álcool nele e ateou fogo

    Por Plox

    17/11/2021 19h05 - Atualizado há 7 meses

    O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) denunciou à Vara de Execuções Penais da comarca de Ipatinga uma mulher acusada de tentar matar o companheiro, em julho deste ano, por ciúme provocado por suposta traição, no bairro Jardim Panorama.

    Ela foi denunciada por homicídio tentado, triplamente qualificado e majorado pelo fato de a vítima ter mais de 60 anos.

    Conforme o Inquérito Policial que instruiu a denúncia, a própria denunciada, F. T. O. S, confirmou que ela entrou, de repente, na sala onde o idoso estava, em casa, golpeou a mão dele com uma tesoura, jogou álcool e ateou fogo nele, com um isqueiro, de forma que não houvesse possibilidade de reação ou defesa.

    Segundo o MPMG, “o crime só não se consumou por circunstâncias alheias à vontade da denunciada”. Isso porque, enquanto tentava livrar-se da camisa em chamas, o idoso fugiu, desesperado, e pediu ajuda à vizinha, que conseguiu socorro médico acionando o Samu.

    Na denúncia, o promotor de Justiça Jonas Junio Linhares Costa Monteiro manifestou pela decretação da prisão preventiva da mulher, considerando que ela é reincidente, pois se encontrava em cumprimento de pena, e que, em liberdade, ela poderá tentar intimidar a vítima e as testemunhas.

    Além do julgamento perante o Tribunal do Júri Popular, o MPMG requer que FTOS seja condenada a reparar os danos morais e materiais causados à vítima, conforme art. 387, inciso IV, do Código de Processo Penal.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]