Ipatinga

economia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Zema anuncia benefício emergencial para mineiros afetados pela chuva

    O valor será de R$ 1.200,00 e deverá ser pago em três parcelas mensais de R$ 400,00.

    Por Plox

    18/01/2022 17h26 - Atualizado há 3 meses

    Durante coletiva de imprensa virtual nesta terça-feira (18), o governador Romeu Zema anunciou o novo benefício emergencial que irá ajudar os mineiros desabrigados e desalojados em razão das chuvas nas últimas semanas no Estado. O valor será de R$ 1.200,00 e deverá ser pago em três parcelas mensais de R$ 400,00.

    Segundo o governador, o investimento deve beneficiar aproximadamente 70 mil pessoas e começará a ser feito em fevereiro. "Estamos criando um auxilio-desabrigado que muito provavelmene vai beneficiar 70 mil pessoas, onde nós pagaremos R$ 400 por mês por pessoa da familia. Uma familia de cinco pessoas vai receber R$ 2.000. Isso é para que as pessoas que tiveram suas casas atingidas e destruidas tenham condições de passar por esse momento difícil", disse.

    Foto: Divulgação / Cidade de Coronel Fabriciano

     

    Conforme o governo, o repasse não será feito diretamente ao beneficiário “o repasse será feito aos municípios e "caberá às prefeituras definir o tipo de benefício a ser ofertado, como aluguel, cestas básicas, transferência direta de recursos ou compras de móveis, colchões, eletrodomésticos e itens de higiene, conforme a realidade local de cada cidade". Apesar de o repasse ser feito pelos municípios, o secretário-geral do governo de Minas informou que todas as pessoas cadastradas até dia 17 de janeiro como desalojada ou desabrigada terão direito ao benefício.

    Atualmente, Minas tem 380 cidades em situação de emergência por conta das chuvas e  25 óbitos. O Estado registra ainda 47.912 desalojados e 7.336 desabrigados, conforme o boletim divulgado nesta terça-feira pelo órgão.

    O secretário explicou que o número deve subir porque o levantamento do Estado ainda não contabiliza os dados repassados pelos municípios nos últimos dias. "Os municípios já haviam nos enviado informações até ontem de quantas pessoas eles tinham desalojadas e desabriadas e os últimos dados já superam 60 mil pessoas. Mas, nós ainda estamos compilando os dados dos últimos dois dias - de domingo e de segunda - e por isso o governador disse que esse número deve se aproximar de 70 mil pessoas", explicou.

    Outros recursos

    O plano Recupera Minas, que destinará mais de R$ 600 milhões em recursos estaduais para ações de infraestrutura e suporte a pessoas e cidades afetadas pelos fortes temporais no Estado, reservará R$ 182 milhões para a construção ou reconstrução de moradias populares em localidades afetadas pelas chuvas. Os detalhes do plano foram anunciados, nesta terça-feira (18), pelo governador Romeu Zema.

    Os recursos estarão disponíveis via financiamento do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) às prefeituras por meio da linha BDMG Solidário.

    Serão fornecidos modelos de projetos de arquitetura e instalações, com kits contendo a relação, quantitativo e especificações de materiais de construção, para auxiliar na futura execução das unidades habitacionais.

    Governo federal

    Durante a apresentação do plano, o secretário-geral de Estado, Mateus Simões, enfatizou que o governador Zema enviou ao presidente da República, Jair Bolsonaro, um pedido de ajuda da ordem de R$ 900 milhões.

    O secretário explicou que o montante esperado é de extrema importância para a reconstrução dos municípios mineiros, sobretudo das moradias. “Conseguiremos com os R$ 600 milhões recuperar nossa infraestrutura, mas a parte da infraestrutura que é municipal, numa suplementação que é na construção das casas, depende do aporte dos recursos federais”, ponderou.  

    Segundo Simões, secretários de Minas vão nesta semana a Brasília em busca de recursos federais para chuvas. “No último fim de semana enviamos ofícios pedindo agendamento de reuniões emergenciais dos nossos secretários, em Brasília, que acontecerão ainda nesta semana, para garantir que Minas receba o dinheiro que lhe é devido. Não podemos ficar sem a assistência do governo federal. Esses R$ 900 milhões têm que chegar”, disse.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]