Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Vídeo: comerciante é baleado durante tentativa de assalto em Ipatinga

    Os suspeitos do crime foram presos pela Polícia Militar

    Por Plox

    18/02/2022 12h43 - Atualizado há 4 meses

    Na noite dessa quinta-feira (17), um homem de 38 anos, proprietário de um bar, foi baleado durante uma tentativa de assalto na rua Siquem, no bairro Canaã, em Ipatinga, Minas Gerais. Suspeitos de envolvimento com o crime foram presos.

    Os policiais militares foram informados de um roubo, praticado por dois indivíduos em uma motocicleta e, durante o crime, um homem teria sido baleado e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Um vídeo, que circula em grupos de WhatsApp, mostra viaturas da Polícia Militar no local do crime. Veja:

     

    Os policiais então foram à UPA para averiguar a situação e, ao chegarem, o comerciante estava consciente, porém, estava recebendo atendimento médico e não foi possível relatar a sua versão dos fatos.

    Segundo relato de uma testemunha aos policiais, que se encontrava do lado de fora de uma distribuidora de bebidas, uma motocicleta de cor roxa, com dois ocupantes, chegou no local e parou alguns metros antes do bar. O indivíduo que estava na garupa, trajando bermuda escura, jaqueta azul, chinelo e capacete branco, desceu, levou a mão a cintura e correu para dentro do bar, enquanto o condutor ficou do lado de fora, aguardando na motocicleta.

    Foto: reprodução

     

    Ainda segundo a testemunha, o garupa entrou no bar e, logo após, ouviu o barulho de um disparo de arma de fogo e o indivíduo retornou para a moto, subiu na moto e os dois autores fugiram do local, pela avenida Galiléia sentido a praça principal do Canaãzinho.

    Conforme as informações colhidas no local do crime pelos policiais, assim que o autor retornou para a motocicleta, o comerciante saiu do bar sangrando com a mão na barriga e pedindo ajuda, sendo socorrido por populares e encaminhado para a UPA.

    Consta no boletim de ocorrência, que o comerciante foi atingido por um disparo de arma de fogo no tórax e o projétil saiu pela costela lado esquerdo. Diante da gravidade, ele foi encaminhado ao Hospital Márcio Cunha (HMC). Foi constatada apenas uma perfuração com orifício de entrada e saída, não atingindo nenhum órgão. O estado de saúde do dele é estável.

    De acordo com os relatos do irmão do comerciante aos militares, que estava dentro da residência que fica no mesmo local dos fatos, o autor entrou correndo atrás do seu irmão com uma arma de fogo. O irmão ainda disse que outras pessoas que estavam no local relataram que o criminoso queria roubar um cordão de ouro do comerciante, porém, no momento do crime, ele não usava o acessório.

    A perícia da Polícia Civil compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe. Foram verificadas as câmeras de segurança nas proximidades, sendo possível visualizar o momento exato que os autores chegam para cometerem o roubo, inclusive é perceptível que o autor que estava na garupa estava mancando com a perna direita.

    Durante as diligências, os policiais foram informados que os autores seriam dois indivíduos que moram na rua Isaías, no bairro Canaã. Eles foram localizados e detidos. Posteriormente, foram surgindo outras informações, dando conta de que outros indivíduos estariam envolvidos e, com isso, foi desencadeada uma operação e um dos suspeitos foi visto saindo de casa. No momento que viu os militares, o suspeito demonstrou nervosismo e inquietação. Durante parlamentação com ele, o mesmo disse aos policiais que sabia do ocorrido e que teria auxiliado os autores.

    Os policiais então foram até a casa do outro suspeito, que foi localizado e negou participação, porém, após ser mostrado a ele uma filmagem, o mesmo se reservou ao direito de permanecer calado.

    No momento da abordagem ele encontrava-se com uma faixa na perna direita e mancando, alegando que teria caído em data pretérita no quintal de sua residência. Ao fazer a comparação com as imagens captadas, percebe-se uma grande semelhança com o indivíduo que aparece mancando nas imagens das câmeras de segurança.

    Diante dos fatos, foi dado voz de prisão aos suspeitos, que foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil. A ocorrência foi registrada para ações posteriores. A arma usada no crime e a motocicleta não foram encontradas.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]