Primeira missão privada caminha para pouso histórico na lua

Empresa apoiada pela NASA transmite imagens iniciais e se prepara para alunissagem

Por Plox

18/02/2024 16h40 - Atualizado há cerca de 2 meses

A missão IM-1, em uma colaboração inovadora com a NASA, está prestes a marcar história ao tentar o primeiro pouso de uma empresa privada na Lua esta semana. Após o lançamento bem-sucedido pelo Falcon 9 da SpaceX, o módulo Odysseus compartilhou suas primeiras visões da Terra, simbolizando um marco significativo para a exploração lunar futura.

Desde a partida do Centro Espacial Kennedy, a Intuitive Machines vem atualizando sobre o progresso da IM-1, sua primeira jornada à Lua, seguindo rigorosamente o cronograma planejado. A expectativa é que a alunissagem ocorra nos próximos dias, embora sejam previstas algumas interrupções típicas de missões desta natureza

Foto: Reprodução de vídeo

Desafios e Soluções Técnicas

Após se separar do seu lançador, o módulo Odysseus, autonomamente, ativou seus sensores e sistema de rádio. Contudo, enfrentou um desafio inicial com uma baixa taxa de rotação, o que desalinhou seus painéis solares. A equipe em Terra, no entanto, conseguiu corrigir esse desvio, garantindo o pleno carregamento das baterias do módulo.

Um imprevisto surgiu com a necessidade de postergar a ignição do motor devido a problemas na transmissão de dados, vital para a primeira queima de combustível no espaço. A equipe conseguiu superar esse obstáculo, realizando com sucesso a ignição mais tarde, apesar de ainda necessitar de uma análise detalhada dos dados coletados a distância.

Foto: Reprodução de vídeo

Destino Final: Cratera Malapert A

A missão está direcionada à cratera Malapert A, no polo sul da Lua, uma área de interesse para futuras missões humanas, incluindo a Artemis 3. Se bem-sucedida, a IM-1 não apenas realizará o primeiro pouso suave privado na Lua mas também marcará o retorno dos EUA à superfície lunar após cinco décadas.

Contribuições Científicas e Comerciais

O módulo Odysseus leva consigo seis cargas úteis da NASA, como parte de um esforço para promover missões comerciais à Lua. Por um valor de US$ 118 milhões, a NASA confiou à Intuitive Machines o transporte de instrumentos essenciais para a pesquisa lunar, que incluem desde um sistema de rádio astronômico até um retransmissor de rádio para localização.

Destaques