OMS recomenda duas doses de vacina contra o sarampo

18/04/2019 08:47

Houve mais de 112 mil pessoas acometidas em 170 países, somente em 2019

Publicidade

A Organização Mundial de Saúde (OMS) aconselha que as pessoas tomem as duas doses da vacina contra o Sarampo. A entidade recomenda aos países que garantam que todas as crianças sejam imunizadas, já que o sarampo pode afetar esta parcela da população com mais força.

A OMS divulgou nessa quarta-feira, 17 de abril, que houve um aumento de 300% nos casos de sarampo em todo o mundo, somente nos três primeiros meses deste ano. O relatório, que faz parte de um estudo divulgado em fevereiro pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), compara o primeiro trimestre de 2019, com o mesmo período do ano passado.

Setenta e quatro por cento desses casos estão em 10 países, que são responsáveis pela ascensão da doença no mundo. Dentre eles, se encontra o Brasil, que fica entre os três primeiros no 'ranking' negativo. Primeiro, vem as Filipinas, seguido da Ucrânia.

Houve mais de 112 mil pessoas acometidas em 170 países, somente em 2019. A parcela da população mais atingida pela doença, resultando em mortes, é composta por crianças. Somente na África, o aumento dos casos foi perto dos 700%, em paralelo ao mesmo período de 2018. Já na Europa, o avanço a doença repete os dados mundiais: 300% de aumento.

A OMS recomenda a todos duas doses da vacina contra o sarampo OMS/OPAS

A população mais atingida pela doença, resultando em mortes, é composta por crianças- Foto: OMS/Opas

 

Sintomas

Os sintomas iniciais apresentados pelo doente são: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal e mal estar intenso. Depois, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias.

São comuns lesões muito dolorosas na boca. A doença pode ser grave, com acometimento do sistema nervoso central e pode complicar com infecções secundárias como pneumonia, podendo levar à morte.

Atualizada às 14h24



Publicidade