Pastor grava vídeo com esposa e desmente acusações de travesti que invadiu igreja

18/05/2019 13:23

Publicidade

Acusado de dever programa sexual a travesti, o pastor que teve sua igreja invadida gravou um vídeo com a participação da esposa, para desmentir as acusações. “Esse travesti foi pago por uma pessoa muito maldosa, que não teme à Deus, que profanou a casa de Deus. É uma pessoa invejosa”, afirmou o pastor.
 
Prints de conversas do pastor com o travesti também circulam nas redes sociais. A esposa afirmou que são montagens e que tudo não se passa de armação. “Os prints do Whatsapp porque hoje é muito fácil alguém que mexa um pouquinho no celular, fingir uma conversa com outra pessoa. Fotos, que pegaram do Facebook, fotos antigas que ele nunca usou, eles colocaram lá para dizer que eles estavam conversando com a pessoa. E tudo isso foi uma montagem, que inclusive fizeram isso com outras pessoas do meio evangélico”, explicou.

Reprodução vídeo20190510191032852361e
 
O pastor ainda informou que tudo teria o objetivo de denegrir sua imagem e de sua família. “Isso foi articulado para tentar denegrir a minha imagem, para destruir a minha família”, disse.



Publicidade