Piloto que foi filmado agredindo a ex-namorada é preso por descumprir medida protetiva

18/06/2019 11:51

Victor violou a medida por 12 vezes em um mês

Publicidade

Desde a manhã de segunda-feira (17), o piloto Victor Augusto Junqueira do Amaral, de 24 anos, está preso na carceragem de Anápolis (GO), após cumprimento do mandado de prisão preventiva decretado pelo 4º Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher.

Victor, que é filho do ex-prefeito de Anápolis, Eurípedes Junqueira, teria desobedecido uma medida protetiva em favor da ex-namorada, a advogada Luciana Sinzimbra que, em 2018, provou as agressões sofridas por meio de uma filmagem.

A juíza Liliana Bittencourt justifica o mandado devido à violação por parte do acusado, "da área de proibição de aproximação, mesmo após estar monitorado por tornozeleira eletrônica”. 

Victor violou a medida por 12 vezes em um mês, além de não ter carregado a bateria da tornozeleira eletrônica por duas vezes.

(foto: Reprodução/redes sociais / Reprodução Youtube)

(foto: Reprodução/redes sociais / Reprodução Youtube)

Conforme o delegado regional de Anápolis, Pedro Caires, a corporação tomou conhecimento do paradeiro de Victor por meio do próprio advogado do acusado, que entrou em contato com a polícia no intuito de negociar a apresentação. "Não houve interrogatório, apenas cumprimos o mandado, que foi expedido em Goiânia. Ele ficará no presídio de Anápolis, cabendo ao poder Judiciário pedir o recambiamento do preso para a comarca de origem", informa o delegado.
 
Victor foi filmado agredindo Luciana no apartamento dela, em Goiânia, em dezembro de 2018. No vídeo, que viralizou na web, o piloto dá socos enquanto ela tenta se proteger e pede para que ele pare. A jovem procurou o poder Judiciário após receber notificações da aproximação dele em um dispositivo eletrônico que monitora a tornozeleira.



Publicidade