Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Mulher se passa por funcionária de banco e causa prejuízo de quase R$ 40 mil em idosa de Fabriciano

    A suspeita foi fotografa pela vítima e as imagens foram entregues aos policiais

    Por Plox

    18/08/2021 18h09 - Atualizado há cerca de 1 mês

    Uma falsa funcionária da Caixa Econômica Federal causou um prejuízo de quase R$ 40 mil em uma idosa, de 67 anos, moradora do bairro Nossa Senhora da Penha, em Coronel Fabriciano-MG. A autora foi fotografada pela vítima e está sendo procurada pela polícia.

    A vítima relatou aos policiais que recebeu, em sua residência, uma ligação telefônica no qual uma mulher disse ser funcionária da Caixa. A suspeita informou a idosa que uma transação financeira de R$ 2.500 tinha sido feita utilizando o cartão da vítima, momento em que esta disse que não tinha feito nenhuma compra neste valor e foi orientada pela falsa funcionária que ela deveria ligar para o número do banco, no verso do cartão, para bloqueá-lo e solicitar que a venda indevida fosse cancelada.

    A idosa seguiu a orientação da tal funcionária e ligou para o número, mas não percebeu que a golpista ficou na linha o tempo todo e não desligou a ligação. A vítima então conversou com outro atendente do banco, comparsa da mulher,  e acabou confirmando seus dados pessoais e bancários. Ela foi informada que alguém designado pelo banco iria até sua casa recolher o cartão pois este estaria clonado.

    Crachá apresentado pela suspeita à vítima/Foto: Reprodução WhatsApp

     

    Passado um certo tempo, uma jovem foi até a residência da idosa e se apresentou como  Fernanda Rodrigues, com crachá identificando-se como funcionária do banco, e orientou a vítima a escrever uma carta de próprio punho que seria entregue juntamente com o cartão bancário que seria cortado ao meio.

    O cartão coletado na casa da vítima e seus dados pessoais e bancários foram usados para baixar o aplicativo do banco em outro celular, que efetuou várias transações bancárias em nome da idosa. Cerca de uma hora depois, a idosa começou a receber mensagens via WhatsApp dando conta de transferências bancárias, saques e compras em diversas lojas, somando um prejuízo no valor de R$ 38.873 em sua conta poupança.

    Esta seria a jovem que se passou por funcionária do banco/Foto: Reprodução WhatsApp

     

    A vítima foi orientada pelos militares a ligar no atendimento ao cliente do banco para solicitar o cancelamento do cartão no intuito de evitar um prejuízo ainda maior.

    Enquanto estava na porta da casa da vítima, a falsa funcionária foi fotografada e as imagens foram entregues aos policiais para ajudar na prisão da mulher. Os militares recorrem a vários cadastros de infratores da região, mas não conseguiram identificar a autora do estelionato. 
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]