Najila Trindade é acusada de denunciação caluniosa e extorsão pelo MP

18/09/2019 11:33

Caso a Justiça receba a denúncia, Najila passará a ser ré no processo

Publicidade

Najila Trindade, modelo que acusou o jogador Neymar de estupro e agressão, é acusada de denunciação caluniosa e extorsão, pelos promotores do Ministério Público do Estado de São Paulo. Caso a Justiça receba a denúncia, Najila passará a ser ré no processo. 

Segundo o MP, no caso da denunciação caluniosa, a modelo sabia que não tinha havido estupro. Najila poderá se tornar ré se a Justiça aceitar a denúncia. No mês de agosto, a promotora Flávia Merlini informou que os resultados dos exames não detectaram nenhum indício de violência na modelo, somente uma lesão no dedo quando teria brigado com o jogador no hotel, um dia depois do suposto estupro. O caso do estupro foi arquivado no começo de agosto, por falta de provas. Se houver novas provas, poderá ser reaberto o inquérito em qualquer tempo.

Modelo Najila Trindade acusou o jogador de futebol Neymar Júnior de estupro  Foto: Reprodução RecordTV

Najila pode se tornar ré no processo em que acusou Neymar de estupro-Foto: Reprodução

Sobre as denúncias do Ministério Público (de denunciação caluniosa e extorsão), Cosme Araújo, advogado de Najila, disse que somente após ter em mãos uma cópia da acusação é que se manifestará sobre as denúncias. "Para nós será bom para estarmos perto de um juiz. Tem muitas coisas para esclarecer que vocês vão saber na hora certa", adiantou.

A modelo havia dado duas versões diferentes em depoimentos, no mês de junho, quando estourou o escândalo. Na primeira declaração sobre o estupro, ela não disse que o atacante se recusou a usar preservativo durante a relação sexual. Já no segundo depoimento, ela disse que o casal trocou carícias, depois, Neymar deu tapas nela e a modelo o perguntou se ele tinha camisinha.
 

Atualizada 14h31



Publicidade