Cliente denuncia fotógrafo por estupro durante sessão de fotos

18/09/2019 08:53

Ele teria a oferecido um drink de energético e vodka para relaxar, pois estava tímida para as fotos de biquíni

Publicidade

Uma jovem de 26 anos foi até a Polícia Militar relatando que teria sido estuprada por um fotógrafo, durante um ensaio nessa terça-feira, 17 de setembro, em Belo Horizonte. Segundo a vendedora, ela conheceu o trabalho do profissional há um mês pelas redes sociais e marcou uma sessão de fotos de biquíni. O caso está sob investigação na Delegacia de Mulheres. A jovem passou por exames e recebeu medicamentos.

O local do ensaio foi no estúdio que fica na casa dele. Como a cliente estava tímida para fazer as fotos em traje de praia, ele a ofereceu um drink de energético e vodka para relaxar e ela tomou. Após algumas fotos, a denunciante afirmou que suas vistas escureceram e ela desmaiou. “A família dele também estava na casa, mas em outros cômodos, e o imóvel é grande. Eles olharam no meu telefone o número da minha mãe, ligaram para ela falando que eu estava alcoolizada e me trouxeram em casa", disse ela. 

https://www.otempo.com.br/cidades/vendedora-afirma-ter-sido-estuprada-por-fotografo-durante-ensaio-em-bh-1.2237988

Jovem teve a boca ferida-Foto: Reprodução

Ela chegou em casa vomitando e inconsciente, segundo a família dela, voltando à consciência de madrugada, quando notou que tinha sido estuprada, estava com a boca ferida e com sangue no órgão genital. A vendedora afirmou ainda que sente cheiro de látex na vagina e o corpo está todo dolorido. “A gente não espera que isso possa acontecer. Só quero justiça e isso não vai ficar impune. Eu denunciei porque não quero que ele faça mais isso com ninguém", afirmou.

Após desabafar nas redes sociais, outras garotas mandaram mensagens, dizendo que o fotógrafo já foi invasivo com elas durante sessões de fotos. O fotógrafo não se manifestou e uma familiar disse que ele só comentará o caso com um advogado. 
 

Atualizada às 11h24



Publicidade